Companhia aérea de bandeira – III

-É absolutamente extraordinário que uma empresa decida criar uma filial e como reacção os seus trabalhadores convoquem greve. Mas verdadeiramente surreal é a empresa anunciar o recuo na decisão, obtendo como resposta dos sindicatos a manutenção da greve. Não me parecem estar em causa reivindicações salariais ou direitos laborais, que poderíamos concordar ou não, mas colocariam o assunto noutro tipo de discussão. A questão é uma corporação pretender afastar potencial concorrência em nome de privilégios. A aviação cívil, nomeadamente a europeia é cada vez mais um mundo à parte, causando prejuízos a contribuintes e consumidores…

Comments

  1. Nightwish says:

    Suspender temporariamente é voltar atrás, no dicionário dos libertários.


  2. 1. Não é exactamente um recuo. Mas pelo menos será uma trégua, pois também não se avança. E permite negociar.
    2. Pessoalmente nem entendo o que há a negociar, entrar no negócio das low-cost é um direito de qualquer empresa. É irreversível, queiram ou não, as pessoas vão viajar mais por menos dinheiro. Se esta companhia não existir, outra tomará o seu lugar. O universo das pessoas da aviação civil ainda não percebeu o mundo em que vive. Principalmente os pilotos.
    3. Até eu que gosto pouco de burocracia, defendo garantia de segurança aos passageiros. Liberalizando rotas, favorecendo concorrência, mas com regras apertadas no que à segurança e manutenção das aeronaves diz respeito.


  3. Mais um post corporativo, na linha dos muitos que tem aqui bolsado.
    Ao menos é coerente na defesa dos mais fortes … sempre em nome da defesa de um pretenso bem comum.


  4. http://ladroesdebicicletas.blogspot.pt/2014/09/o-neoliberalismo-cheira-mal.html?m=1
    Se o “post(ador) espingardar vai dizer que o link não tem relação com o post. MAS TEM!!!


  5. As conversas também não andam lá grande coisa – a liberdade permite ter-se o poder dizer mediocridades e vulgaridades – viva a liberdade inutilizada


  6. Nem a chuva lava tanta porcaris

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.