Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990: perigo iminente

Sim, iminente e não *eminente. Exactamente, acontece. Hoje, no sítio do costume.

dre 1 dezembro de 2015

Comments


  1. São lamentáveis os erros “fato” e “contato”, o fato até passa nos corretores ortográficos porque a palavra existe, mas o contato? Com o resto estou de acordo.

    • João says:

      Fato e contato são as formas correctas no Brasil, logo, passam nos correctores porque estão quase todos “afinados” nessa variante. Opsss, afinal se isto é para unificar, só existe uma norma, não é? Pois não.

  2. Fernando says:

    Meteram-se de “acordo” que cada um segue a sua via na ortografia. Pena é que só se ouvem criticas e poucos a esclarecer. Se há evolução na escrita é porque a língua está viva senão ainda estaríamos a escrever “theatro”, “pharmácia”, “villa”, etc.

Trackbacks


  1. […] é sabido, iminente e não *eminente. Hoje, de novo, no sítio do […]


  2. […] Já agora, o que estará a acontecer hoje? Hoje, quarta-feira, dia 23 de Novembro de 2016, é isto que está a acontecer, com um (aliás, com dois) bónus: *eminente em vez de iminente — efectivamente, um clássico: […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.