7 comentários em “DGTF e as PPPs”

  1. Ora aqui está um bom exemplo da razão pela qual a lei do “direito ao esquecimento” é muito estúpida.

    Rui SIlva

        1. Se se der ao trabalho de ler tanto o acórdão do Tribunal de Justiça da União Europeia como o artigo da wikipédia que eu linquei, verá que o tema deste post não tem nada a ver com com o direito ao esquecimento.

          1. Caro Helder Guerreiro Só para esclarecer a minha posição e o meu ponto de vista.
            Imagine a seguinte situação: Em 2002 Mark Roger um conhecido financeiro americano dá um golpe e burla dezenas de cidadãos.
            É descoberto.
            O caso faz “correr muita tinta.
            Após processo judicial, concluído em menos de 1 ano é condenado a 12 anos de cadeia.
            Foi libertado em 2015.
            Acha que Mark deve ter o direito de exigir que os diversos motores de busca devem ser obrigados a “des-linkar” todas as noticias que cobriram o caso em 2002 e onde o seu nome está envolvido?

            Rui Silva

  2. Parabéns pelo ‘Tretas’, de muita utilidade e, como diz, para poder chamar futuramente os responsáveis à pedra.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.