E o próximo a ser saneado pelo Dinis vai ser…

Pacheco Pereira

Comments

  1. Ana A. says:

    Não sei porque é que o jornalismo tem que ser feito em empresas cuja finalidade é o lucro a todo o custo.
    O cooperativismo existe e devia ser abraçado por todas as pessoas de bem, que estão fartas de serem roubadas, tanto economicamente como intelectualmente!


  2. É bem verdade e justo que os jornalistas para cumprirem a sua missão de informar e formar as pessoas com e na verdade, deviam ter outro sistema de pagamento, que não o de patrões, que só visam o lucro das suas empresas !!!

  3. Helder P. says:

    Um jornal actualmente não é mais que a voz do seu dono. A auto-censura dos jornalistas, alguma falta de mundividência e a sua situação precária leva a esta situação, escrevem sobre aquilo que o dono quer, dizendo o que dono quer que se diga e quando se dá conta já pensam como o dono, estão plenamente formatados pela cartilha das inevitabilidades do centrão e das TINAs carpideiras, já chamam “geringonça” sem aspas ao Governo da República, perguntam com indisfarçável satisfação “mas onde é que está o dinheiro?” em qualquer decisão que fuga à cartilha que juraram, dão voz a idiotas sem influência alguma que nem jantares na Mealhada sabem organizar e partidos institucionais como o Bloco e PC são a “extrema-esquerda” soviete e o PS está refém.

    Se o povo não gosta de ler, se os jornais não vendem e dão prejuízo, porque será que os nossos capitalistas não desistem deles? Fica sempre bem em qualquer grupo empresarial. Ah, pois…

Deixar uma resposta