Agradecimento público


– Obrigado, Pedro, por votares com a “extrema” esquerda – como tu dizes – contra a descida da TSU das empresas.
– Obrigado, Pedro, por ajudares a recompor um caminho de entendimento entre os partidos da maioria parlamentar que apoia o governo.
– Obrigado, Pedro, pela ajuda dada na redução – pena não ser extinção – do Pagamento Especial por Conta (PEC), tendo permitido que o PCP – e também o BE e os Verdes, cuja posição é idêntica – tivesse finalmente êxito numa luta que trava, desde o primeiro dia, contra este imposto.
– Obrigado, Pedro, por ajudares a proteger a Segurança Social do erro que se desenhava, votando ao lado da esquerda e da razão.
– Obrigado, Pedro, por teres traído tudo em que dizes acreditar por amor à esquerda e aos trabalhadores.
– Obrigado, Pedro, por contribuíres para que os partidos da maioria tenham encontrado uma muito melhor solução para o problema criado.
– Obrigado, Pedro, por te teres marimbado nas grandes empresas – a maioria das quais te apoia e suporta, e preferires apoiar a pequenas empresas – a maioria das quais te detesta e despreza.
– Obrigado, Pedro, por comprares uma briga brava com os barões do teu partido e permitires o espectáculo impagável que os teus indefectíveis têm dado nas televisões e nos jornais procurando argumentos que sustentem as tuas posições..
– Obrigado, Pedro, pelo tacticismo desbragado.
– Obrigado, Pedro, pela falta de princípios.
– Obrigado, Pedro, por seres Passos Coelho.
– Obrigado, Pedro, pelo que és e, sobretudo, pelo que não és.
Por tudo isto e o que mais me venha a lembrar, e pela primeira vez na vida, obrigado, Pedro.

Comments

  1. Obrigado Pedro.

    Eu não quero ser de intrigas, mas e se o Costa preparou a cama para o Pedro se deitar?

    De facto António Costa nunca pareceu muito preocupado com o chumbo (e bem) da TSU.

  2. Rui Naldinho says:

    – Obrigado Pedro, por negares a TSU, tal como o pescador judeu negou Cristo!
    – Obrigado Pedro, por acreditares na ressuscitação da TSU quando ela te der jeito!
    – Obrigado Pedro, por te teres curado dos excessos da quadra natalícia, em especial daquele líquido etílico, caso contrário não andavas a ziguezaguear durante quase um mês, sem saber para que lado tombarias na decisão sobre aTSU!
    – Obrigado Pedro, porque a apesar da incoerência na decisão que tomaste, nós continuaremos a acreditar em ti, como o farol que devolverá a este País, o Poder à malta do cacau.
    – Obrigado Pedro, pela tua resiliência, paciência e espírito de sacrifício, na espera do cataclismo, do dia em que as trevas te darão oportunidade, qual Trump Tuga, de voltares a mostrar oao povo do teu país , os caminhos da redenção!

    Responde o Padre Marcelo, lá do alto da varanda do Palácio de Belém:
    – Pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem!
    – Em ti entrego as minhas orações, na esperança de que ao menos tu, salves esta pobre terra de gente tão irresponsável.

  3. José Peralta says:

    Obrigado pedro, por seres a bactéria multi-resistente que és( a “definição” não é de minha autoria…mas tenho pena que não seja) !
    Porque mais depressa do que pensas, vais ter o “antibiótico” que mereces !

  4. edro amigo o povo está contigo. Sobretudo quando segues aquela velha máxima: Quando não conseguires convencê-los, confunde-os.
    És um verdadeiro artista, sabes fazer de palhaço-rico como poucos.Deus te ampare ao leme desse Titanic chamado PSD.
    Quando submergires pede ajuda ao teu amigo submarinista (Portas) que agora navega noutros mares onde abunda a farta pescaria.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s