Social media’s Black Mirror

Caso prefira uma série de ficção, sugiro esta.

Comments

  1. Adamastásio says:

    unfuckingbelievable.

  2. JgMenos says:

    Onde o Estado é preciso é que ele não aparece!


  3. Ainda assim são um bocado primitivos. Com um computador potente e máquinas virtuais fazia-se a festa por valores mais em conta.

  4. Ricardo Almeida says:

    Por momentos achei que era a cave de alguma sede jotinha de direita em altura de eleições. Mas eles mal sabem ler quanto mais programar…

Deixar uma resposta