Um bom momento para começar a cumprir promessas

Comments

  1. S. Bagonha says:

    Nem lhe falem nisso, senão o desavergonhado ainda vem dizer que nunca tal disse.
    Como é costume dele, aliás.

  2. Ana A. says:

    O “Caval(h)eiro da Triste Figura” !

  3. Rui Naldinho says:

    Eles vão dizer que, com eles a estratégia teria tido maior sucesso, pela simples razão de nem sequer terem de sair do procedeminento de deficit excessivo, nem terem necessidade de uma taxa de crescimento de 2,8%.
    Chegamos à conclusão que o problema afinal são os protagonistas e não os números em si.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.