Marques Mendes sai em defesa da ditadura


Já aqui contei o episódio em que vivi o meu primeiro contacto directo com o regime totalitário da Geringonça. Já tinha ouvido falar nele, achei que fosse truque da imprensa portuguesa, até que finalmente me cruzei com eles no supermercado. Ainda não recuperei.

Os tentáculos esquerdalho-feminista-venezuelanos continuam a expandir-se a uma velocidade impressionante, comendo tudo, perante a apatia e a indiferença generalizadas. Já poucos são aqueles que resistem, e hoje é um dia muito triste para todos eles. Perderam (oficialmente) um dos seus. 

Na sua homilia dominical, Luís Marques Mendes, histórico barão social-democrata e um dos mais influentes fazedores de opinião da direita portuguesa, vergou-se publicamente perante o regime ditatorial vigente, ao afirmar que o ministro da Administração Interna “esteve muito bem” e “agiu com rapidez” e “coragem” no âmbito do caso K Urban Beach. O Expresso refere ainda a esperança do comentador de que Eduardo Cabrita “seja firme e não recue esta decisão”.

Recorde-se que, durante o fim-de-semana, o ministério da Administração Interna encerrou a discoteca lisboeta, através de um despacho assinado por Eduardo Cabrita, algo que, defendem alguns analistas portugueses, vem confirmar que “vivemos, de facto, e sem margem para dúvidas, em ditadura“. Marques Mendes nunca me enganou. Já não é a primeira, a segunda, nem a terceira vez que atraiçoa os seus. Quanto lhe pagarão os soviéticos?

Comments

  1. José Feliciano Cunha de Sotto Mayor says:

    tanta porrada nos almeidinhas desta vida, ó mendes, calma que isso é exagero. ele deve estar a passar um mau bocado, deve ter lido o estudo que prova cientificamente o conjunto de balelas que é o pensamento ayn rand.

  2. Rui Naldinho says:

    Marcelo quer ser o Presidente dos afectos e das beijocas. Marques Mendes quer candidatar-se a Presidente do:
    “dou uma no cravo, outra na ferradura”, a ver se cola. Só que a cola está como a sola, gasta e escorregadia. O homem não se enxerga.
    Este minorca do Mendes é uma anedota. Quando olho para ele lembro-me sempre do ator Danny DeVito a contracenar com a actriz Bette Midler, em “Ruthless People”.

  3. Ana A. says:

    …ou então, está a seguir aquele velho e sábio ditado: “Se não podes vencê-los, junta-te a eles.” 🙂

  4. Jose Oliveira says:

    O Joãozinho tem toda a razão. O que faz falta é acabar com a repressão sobre os tadinhos dos seguranças que apenas cumprem ordens legítimas e fazem o seu trabalhinho, a bem da comunidade. Não se pode admitir que uns pretos ranhosos perturbem a sã ordem à volta desses belos espaços culturais e de lazer jovem que dão pelo nome de discotecas. Dar porrada na escumalha é um dever cívico dos profissionais da segurança e quem os impedir deve ser tratado como criminoso. Certo. Abaixo a ditadura judicial e viva a repressão sobre a pretalhada nojenta!!! Por um país mais limpo e mais inclusivo (para as classes dominantes, claro!!)

    • Rui Naldinho says:

      O Joãozinho !!
      E a ironia do Joãozinho, não serve para nada?
      Ou será que o Joãozinho tem alguma coisa a ver com o Andrézinho?
      Não me parece.
      Ou então, será que eu li o texto do Joãozinho ao “troncário”?

  5. O PSD é um partido Socialista, como sempre disse.
    Está no nome , porquê tanta admiração?
    Para chamar PSD partido de direita , temos que estar mesmo na extrema esquerda.

    Rui Silva

    • Paulo Marques says:

      Só o Hitler e o Salazar para satisfazer o Silva e o Menos.

      • Paulo Marques says:

        Tudo o resto são traidores da raça.

      • Rui Naldinho says:

        E mesmo esses podiam ser acusados de esquerdismo.
        Para o Silva, o Social Fascismo é uma deriva do comunismo. Logo, corríamos o risco de ter Hitler acusado de Estalinismo defeituoso.

  6. JgMenos says:

    Com aquele tamanho não admira que promova toda a protecção possível – até o Cabrita lhe serve.

  7. Fernando says:

    O próprio Passos Coelho já deve estar a preparar o próprio exílio, se cá ficar é outro preso politico de certeza!

    Cavaco já deve ter transferido a pequena fortuna que fez com o BPN para as caraíbas, não vá o comunista Kosta meter-lhe as manápulas.

    Catroga, já pediu ajuda ao seu patrão, o Estado Chinês, para ser intermediário entre ele e o terrível triunvirato estalinista Kosta/ Catarina/ Jerónimo, parece que os terríveis estalinistas pós-modernos o querem enviar para o Tarrafal.

    André Ventura foi capturado na malha sufocante que o Kosta estendeu por todo o país e encontra-se a ser reeducado numa comunidade cigana.

  8. ‘ditadura’,’esquerdalho-feminista-venezuelanos ‘,’soviéticos’, enfim a conversa da treta habitual.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s