Para memória futura

Também AQUI

Comments

  1. Filipe Bastos says:

    A imagem é pequena e custa a ler devido ao resize feito pelo WordPress. Seria bom ter um link para ampliar.

  2. Paulo Marques says:

    Alegadamente. Ou montantes completamente diferentes com pessoas completamente diferentes, quem sabe? O MP não.

    • Filipe Bastos says:

      Whataboutism, also known as whataboutery, is a variant of the tu quoque logical fallacy that attempts to discredit an opponent’s position by charging them with hypocrisy without directly refuting or disproving their argument.

      It’s a disruptive and unproductive tactic used when someone doesn’t want to / can’t add anything meaningful to the argument to either prove their own point or discredit the opposite side’s point. It just makes the conversation go round and circles and confuses the other side, making them wonder how the conversation turned from one topic to a completely different one in the span of a few seconds.

      • Paulo Marques says:

        Lol, o mestre de insultar toda a gente vem dar aulas de whataboutism. É sempre projecção com esta gente.

        Não, não estava a dizer que não existiu, só que os detalhes provavelmente não são os que estão na imagem. Que, de resto, só são relevantes para o julgamento.

      • Filipe Bastos says:

        “O mestre de insultar toda a gente”? É bom saber que generalizações simplistas são afinal aceitáveis, desde que sejam sobre aqueles de que discordamos.

        Porque hão-de os detalhes da imagem ser diferentes? E porquê atirar tal suposição, sem indicar como ou porquê, senão para descredibilizar a imagem, a acusação e quem acusa – e pelo caminho branquear os pulhas acusados?

        V. até diz que o 44 é perseguido por motivos políticos. Logo aí se vê o grau da alienação… ou do branqueamento.

        • Paulo Marques says:

          Pergunta-me a mim? O MP é que se esqueceu de o investigar, e é ele que tinha, e tem, que descobrir quem e como, sem máquinas do tempo.
          Presumir a inocência ser branquear, só se for na Rússia.