Rui Rio, porta-voz do Chega

No debate com Catarina Martins, Rio esteve a explicar a posição do Chega sobre prisão perpétua.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Bom, para professor não dá, porque depois de 10 minutos continuei sem perceber.
    Percebi sim que, em pleno 2022, depois de mais de 50 anos de falhanço do neoliberalismo, acredita plenamente que as empresas só não investem na produção e nos trabalhadores (que nem digna como trabalhadores, são “recursos humanos”), criando uma espiral positiva de crescimento, porque são obrigados a redistribuir uma ninharia do lucro. É isto que a direita toda tem a oferecer, uma ideia velha e falida que era, e foi, claramente desmentida quando foi criada.


  2. O Paulo tem toda a razão. Insuportável e absolutamente absurdo é os debates passarem totalmente ao lado dos problemas mais gritantes do país e do mundo. Porque será????

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.