A Câmara do Porto merecia melhor…

Parece mentira mas não é. O actual Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara Municipal do Porto, Vasco Ribeiro, pegou-se publicamente com Nuno Santos, o anterior Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara do Porto, no facebook. A coisa chegou a este nível:

Já antes a coisa azedou:

A Câmara Municipal do Porto merecia melhor do que isto. Por muita razão que possa ter o actual Chefe de Gabinete (não faço a mínima ideia do que se passou entre eles para tanto ódio), a sua posição institucional obriga-o a ter sangue frio. Esta troca de galhardetes em pleno facebook não lembra a ninguém. Em tudo isto sublinho algo que é, desculpem o meu português, abaixo de cão:

Quando te qualificares e deixares de ser um tipo com formação ao nível do liceu, poderei discutir contigo um conjunto de matérias que hoje julgas perceber por mera ilusão do teu autoconvencimento” – Vasco Ribeiro sobre Nuno Santos.

Ora, Vasco Ribeiro é Doutorado e não resistiu a puxar dos galões perante terceiro. Este tipo de discurso é típico de um qualquer recalcamento e que deve ser, de todo, evitado num responsável autárquico. A necessidade de atirar à cara do outro as suas habilitações académicas é um sinal de menoridade intelectual. É uma questão de educação. Daquela que se aprende no berço e nem sempre é ensinada na universidade. Um Chefe de Gabinete de um presidente de Câmara representa não só o seu presidente, no caso, Rui Moreira, como igualmente a sua autarquia, o Porto. Se não se consegue controlar então está na função errada. Este tipo de postura, esta sobranceria não é compatível com o serviço para o qual foi nomeado e através do qual representa a instituição Câmara Municipal do Porto. Não faço a mais pequena ideia, repito, do que se passou antes entre os dois (nem sabia que o Nuno Santos tinha saído da Câmara do Porto) mas isso não desculpa esta postura em pública – não me venham com a desculpa de ser uma página pessoal, para esse campeonato em figuras públicos já dei. Imagino o embaraço de Rui Moreira. Não é para menos.

O Professor Doutor Vasco Ribeiro (coloco aqui com as letrinhas todas para que não se ofenda já que dá tanta importância aos títulos académicos) portou-se como um qualquer arruaceiro. Como um Chefe de Gabinete da Câmara do Porto é que não foi. Lamentável. Bem, é o último mandato. Vamos procurar que a coisa termine com a dignidade possível, Rui Moreira não merecia isto.

Comments

  1. José Meireles Graça says:

    Chefe de gabinete é um cargo de confiança política, e portanto Rui Moreira tem uma boa maneira de se livrar do odioso de ficar associado a esta peixeirada, que consiste em despachar o tal professor doutor desbocado. Se o não fizer merece isto e de modo nenhum pode ser considerado uma vítima.

  2. Paulo Marques says:

    Porra, tamos em guerra? O Marcelo já mobilizou o Almirante?
    Mas, lamento, prepare-se para muito mais; há que não desperdiçar mais uma boa crise para adaptar o consenso.

  3. POIS! says:

    Pois cá p’ra mim…

    Isto ainda vai acabar em duelo. E à moda antiga!

    As armas? A malta do Bolhão já está a providenciar. Cada um vai armado de goraz na mão esquerda e pescada na direita.

    Onde? O Boavista já colocou á disposição um ringue da secção de Boxe. Mas não se põe de parte que seja na Casa de Chá da Boa Nova.

    Mas, se preferirem ao ar livre, já está destinado: é na Ribeira. E quem ganhar leva o cubo para casa.

    • Abstencionista says:

      Pois é Insana Assunta, às 9h37 já estás sentado a ecrever “piadas” no Aventar!!!
      Vives aí?

      • POIS! says:

        Outra vez a marrar? Outra vez a marrar? Outra vez a marrar?

        Pois fique sabendo…

        Que a minha vida não é da sua conta, ó Marrante Abstencioneiro!

        Vosselência também aproveita as suas horas de almoço para marrar em vez de comer! São opções!

  4. João L Maio says:

    A trica facebookiana interessa zero, é coisa de Big Brother, não tem interesse nenhum.

    Mais interessante é a decisão de censurar outros partidos. Sabemos que o Selminho nunca foi propriamente gente de bem, mas já chega, o Porto não é isto. Badamerda para os tiques monárquicos desta cambada direitola.

  5. luis barreiro says:

    <Comunas adoradores de assassinos e de tiranos queriam palco, que paguem.

    • POIS! says:

      Pois pois!

      Uns “adoram”, simplesmente.

      Outros “adoram” vender milhões em armas ao Putin já depois do embargo por causa da Crimeia e “adoram” ainda mais comprar gás e pagar em rublos (o que torna as “adoradas” sanções uma brincadeirinha de meninos).

      É tudo uma questão de adoração.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.