Serviço Público – Demissómetro

Continuando a tradição de Serviço Público do Aventar (com zero subsídios), apresentamos o Demissómetro aos portugueses.

Já perdeu a conta do entra e sai do Governo?

Dá-se o caso de o leitor ser Presidente da República e estar com dificuldades em coordenar a agenda das tomadas de posse?

Não vá mais longe. Estamos aqui para o servir.

Deixe nos comentários a sua aposta quanto ao/à próximo/a na lista. O vencedor terá direito a uma mão cheia de nada e a outra de coisa nenhuma.

13 – Carla Alves – Secretária de Estado da Agricultura – demitiu-se a 5 Janeiro
[Read more…]

Confiança ao máximo no governo de António Costa

O Aventar fez uma sondagem num extenso universo composto por mim, eu mesmo e a minha pessoa e foi possível perceber que a confiança no governo está no seu máximo.

Não se percebem, portanto, as palavras do ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, ao falar de uma  “selva de suspeição sobre tudo e sobre todos”. Onde é que já se viu, uma dúzia e picos de demissões devidas a coisas de justiça e de oportunistas criarem um clima, perdão, uma selva de suspeição?

Vai mais uma demissão

12 em 9 meses. Sempre fica mais barato à dúzia, desde que não seja com indemnizações à maneira da TAP.

Ainda ninguém deu um tiro ao presidente João Lourenço?

O homem é presidente, mas está a abusar. Mandar a ninhada corrupta do ditador para o olho da rua é uma jogada arriscada. Ainda há dois dias o clã dos Santos mandava naquele país, fazia grandes negócios com o seu dinheiro, alimentava uma oligarquia (aparentemente) fiel e já é desafiado desta maneira? 38 anos a liderar o partido e o país de forma quase absoluta, para que tudo desvaneça em menos de dois meses? É estranho. Mas talvez estejamos perante um revolucionário, daqueles sobre os quais se escrevem poemas, que esteve à espera da sua vez, pacientemente, para fazer história e derrubar o regime. É estranho, mas é preciso coragem para demitir Isabel dos Santos. [Read more…]

De Novo A Ameaça de Demissões

.
ESTA TRAMPA JÁ ME CANSA

Eu já estou cansado disto tudo, e como eu, o País também estará. Já ninguém se importa. Eles, que são os nossos mandatários, que trabalhem e façam por merecer o salário de ricos que recebem.
De facto, na classe mandante, entre o governo, a Assembleia e os partidos, ninguém se entende entre eles, e o pior é que ninguém se quer entender.

O Orçamento de Estado para 2010, aprovado na generalidade com os votos a favor do partido do governo, já sofre condicionamentos, por tudo e mais por causa da Lei das Finanças Regionais. Ninguém quer ceder, e até já há ameaças de demissões. Ele é o ministro, ele é o Dialogador, ele, são as pressões.
Já falam em aumentos de impostos, em redução de salários, em tudo e mais alguma coisa, para assustar e condicionar.

O Conselho de Estadode de hoje irá provocar algum esclarecimento, ou ajudar a resolver alguma coisa? Ou no fim, e por fim, os que devem não cedem, e os que não devem vão meter o rabo entre as pernas, como tem sido de costume?