Afixação proibida

image

Em Almada.

Coisas que se encontram no facebook…

beifica

Eles que habitam nas paredes (10)

matematicas

Coimbra – Fotografia Paulo Abrantes

Eles que habitam nas paredes (9)

boavista 1

Rua da Boavista, Coimbra – Fotografia Paulo Abrantes

Eles que habitam nas paredes (8)

boavista 2

Rua da Boavista, Coimbra – Fotografia Paulo Abrantes

Eles que habitam nas paredes (7)

visconde-da-luzR. Visconde da Luz, Coimbra – Fotografia João J Cardoso

Eles que habitam nas paredes (6)

beco-st-maria

Beco de S. Maria, Coimbra – Fotografia João José Cardoso

Eles que habitam nas paredes (5)

r cabido 2Rua do Cabido, Coimbra – Fotografia Paulo Abrantes

Eles que habitam nas paredes (4)

r cabido
Rua do Cabido, Coimbra. Fotografia Paulo Abrantes

Eles que habitam nas paredes (3)

eles que habitamCoimbra – Fotografia: Paulo Abrantes

Eles que habitam nas paredes (2)

R direita
Rua Direita,Coimbra – Fotografia João José Cardoso

Eles que habitam nas paredes (1)

2012_c2a9paulo-abrantes
Coimbra – Fotografia: Paulo Abrantes

Aqui Não Fazes XIXI

NO CHÃO DO PORTO NÃO COSPES, NÃO URINAS, NÃO DEITAS PAPEL
.
PROIBIDO FAZER XIXI
Aqui no Porto somos mais terra a terra e dizemos que no nosso chão não deixaremos escarrar, mijar ou grafitar. Quem o fizer está lixado.
Já não era permitido lavar o carro apesar de ser uma acção saudável e que nos permitia poupar algum graveto, mas, enfim, o que tem de ser tem muita força e nós precisamos de mostrar que sabemos ser educados e ter uma cidade limpa, moderna e saudável.
Também já não poderemos fazer limpezas domésticas na via pública, seja lá isso o que for e quiser dizer. Imagino que não estarão a pensar na lavagem de louça ou de roupa, já que não estou a conseguir imaginar seja quem for a fazê-lo.
Atirar com papeis para o chão, mesmo em sítios em que não haja papeleiras vai também ser alvo dos olhares da polícia.
Os tipos que  a coberto da noite ou escondidos num qualquer recanto menos visivel costumam mijar, encostados a uma parede ou a uma sebe, ou os que sem qualquer cuidado ou respeito pelo próximo escarram nos nosso passeios, vão passar a poder ser multados pela Polícia Municipal.
Amanhã esta proposta do Presidente da Câmara do Porto vai a votação, esperando-se que não tenha votos contra, nem sequer abstenções, já que eles e elas, a existirem, terão um significado que não dignificará quem assim proceder.
Depois dessa prevista aprovação, não se compreenderá que os senhores da Polícia Municipal, não actuem em conformidade.

Vandalismo, sem Banksy

Das discussões tidas aqui no Aventar sobre o tema, fica claro que o vandalismo pode ser arte, mas é sempre vandalismo.

[Read more…]

Banksy, Street Art e Vandalismo

O Aventar tem discutido o tema de forma pluralista, como sempre. Tem, igualmente, divulgado alguns dos melhores artistas nacionais e internacionais e dedicado espaço a iniciativas importantes nesta área. Como a polémica acompanha boa parte destas acções, tem contado em primeira mão algumas reacções.

Novas achas para a fogueira chegam agora de Bristol, onde, aparentemente, nasceu um novo paradoxo sobre a noção de vandalismo.

Depois disto tudo, o leitor do Aventar tem opinião formada ou acha que se trata apenas de lixo e perda de tempo?  Qual é a sua opinião?

Um País de Artistas

É o que nós somos. Uns incompreendidos