Vêm a tempo para quarta-feira

Blindados chegaram a PortugalHá quem por aí quem se indigne face aos indispensáveis blindados comprados para a cimeira da NATO terem chegado tarde demais. Será mesmo assim?

 foto

 

Há quem por aí quem se indigne face aos indispensáveis blindados comprados para a cimeira da NATO só terem chegado hoje. E que tenham sido comparados sem concurso público alegando carácter de urgência. E por o porta-voz da polícia ter, na quarta-feira passada, afirmado não responder a mais questões sobre o assunto de chegarem ou não a tempo. Que se recusava. Apesar de estar a representar o Estado, mais precisamente a polícia, tendo por isso obrigação de responder perante os cidadãos.

E indignam-se porque o Governo mais uma vez fez as coisas em cima do joelho e, sem surpresa, não estiveram prontas a tempo. Mesmo que o comandante Obama tenha distribuído elogios ao mordomo de serviço que tão bem recebeu os cimeiros. Eu cá acho que já deviam estar habituados. A não ser que se tenham esquecido das imprescindíveis obras que só terminaram depois da Expo98, da Casa da Música do Porto só ter aberto anos depois do Porto Capital Europeia da Cultura ter ocorrido e dos estádios de futebol tão fundamentais ao futebol português e que agora estão às moscas.

Mas desta vez não têm razão essas vozes. Bem podem bramar aos céus que são cinco milhões estoirados em 45 viaturas anti-motim, num canhão de água, numa viatura pesada e em seis ligeiras para a remoção de obstáculos, tudo encomendado para a cimeira. Mas estarão a falhar o ponto fundamental. Este material de guerra civil chega perfeitamente a tempo. Hoje já cá estão dois blindados e a manif é só na próxima quarta.

Comments


  1. Vem sempre a tempo.

  2. Ricardo Santos Pinto says:

    Pois. Vêm a tempo da Greve Geral.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.