O caso António Figueira

O António Figueira, que não conheço pessoalmente mas que fui lendo com prazer e agrado no 5 Dias e no Albergue Espanhol,  foi encontrado pelo Miguel Abrantes em pleno acto de nomeado para um cargo de assessoria do actual governo.

Vai daí vomitou a Madame Mubarak contra o pulha, e escarraram mais uns órfãos e viúvas do defunto aprendiz de filósofo. Curiosamente não fizeram o mesmo quando Correia de Campos desejou que o Ministro da Médis acabasse o seu trabalho de privatização do SNS (e pelas negociações em curso, pouco faltará para Maria de Lurdes Rodrigues fazer o mesmo no que toca à educação). O negacionismo dos que esqueceram ter o programa do actual governo sido negociado por Teixeira dos Santos com a troika, que ele chamou, chega a ser ridículo. Já agora posso assegurar que entre os assessores dos ministros socretinos havia pelo menos um que era, e é, de esquerda. Mais, por estranho que pareça, conheço pessoas de esquerda que ainda militam no PS. E até, vejam lá, sei de quem adivinhou a Ferreira Fernandes, no seu tempo de trotskista, o destino de carpideira mor da direita, embora não me conste que tenha ganho a lotaria.

Comments

  1. andor-na-procissão says:

    Sem interesse.

    Dança de cadeiras.

    Já agora, …os salários da função pública continuam parcialmente nacionalizados?

    Já nao basta terem dado 500 milhões…, mais parte do subsidio de natal?


  2. O caso Figueira é interessante. Um serventuário nunca passará de serventuário. Se o é do PCP ou do PSD é-me indiferente. Aliás os flick-flacks à direita são célebres, de Zita a Pacheco de José Manuel Fernandes a Durão Barroso. Custa-me a crer que se trate de uma contratação exclusivamente pelos méritos do tal Figueira [que aliás exibe o CV no 5 dias e imagine-se até é Professor Doutor]. Se vai perder dinheiro como diz, tal ainda reforça mais o carácter político desta contratação. Pode-se até mudar de ideologia, não se pode é esconder essa mudança sobre o chapéu do “profissionalismo”.

  3. miguel dias says:

    Cagando me estou para a forma como o Figueira ganha a vidinha. Se é a chupar piças no Parque ou em qualquer outro lugar qualquer é-me totalmente indiferente. Nunca o gramei!

Trackbacks


  1. […] de férias com a notícia do momento na blogosfera. Um escândalo! No meio disto tudo, o mais triste é mesmo ver como um cronista, que […]