Vamos então teorizar sobre os pobrezinhos…

… e sobre as vítimas do capitalismo, do estado e do pai natal.

«E nós percebemos que, às vezes, há eruditas explicações desnecessárias. […] Londres, se quisermos ir por caminhos muito cultos, é hoje a metáfora perfeita do capitalismo, com as Bolsas na agonia e os bairros dos pobres a explodir. Mas eu prefiro o meu vídeo: uma manada de hienas à volta de uma cria ferida. Esta sangra e as hienas lambem-na e parecem ajudar, mas quando vêem que ela é fraca atacam. No vídeo, as hienas usam capuzes e a cria tem uma mochila que é roubada.» Ferreira Fernandes, DN, 10.Agosto.2011

 

 

via: vídeo e artigo

Tablets, smartphones e companhia

Quer saber tudo, mas mesmo tudo sobre tablets e coisas afins? smartphones, aplicações, hardware, etc? do Android ao Iphone e ao Ipad? tem um novo blogue, o tablets & c.ª.

O nosso José Freitas meteu uma sabática no que toca à actualidade política, logo a qualidade está assegurada até porque está muito bem acompanhado.

Os heróis do Chile: Os pais

os heróis do Chile

The Isleys

 para o sem nome Iturra Isley, , o nosso neto, que deve nascer em breves dias, ainda dentro desta semana, filho da nossa filha Camila e o seu marido Felix Isley, irmão de May Malen….

Dentro de breves dias, o nosso sexto neto deve nascer. Na época da minha jovem paternidade, os pais varões nada tínhamos para fazer. No dia em que a nossa filha mais velha nasceu, pedi, supliquei, chorei ao médico, para estar ao pé da minha mulher enquanto nascia o bebe. Nem meio minuto de licença para estar na sala de parto. [Read more…]

Novas músicas portuguesas: Penicos de Prata – Falas da africana Jasminá

Leia a Ficha Técnica

Se vierem a Coimbra passem pelo mercado

O Mercado Municipal D. Pedro V fica mesmo ao lado do Jardim dito da Manga, obra primeira do nosso Renascentismo, e tem este Verão um motivo acrescido de interesse: Mercadoria Humana, instalação fotográfica da autoria de Pedro Medeiros, integrada no projecto global Mercadoria Humana – Projecto de Sensibilização em Tráfico de Seres Humanos.

Entre a fruta e os legumes, a alcatra e a febra, as excelentes fotografias, parte de um trabalho que a partir dali (e que oportuna escolha) se espalhou pela cidade. Fotografia com causas, e ainda bem.

Fotografia © Pedro Medeiros, 2011

 

Música para ir de férias (com dedicatória especial ao professor Raul Iturra Redondo)


GNR – Freud & Ana, do álbum «Os Homens Não se Querem Bonitos», de 1985. Uma das melhores músicas da carreira dos GNR, com letra de Rui Reininho e música de Alexandre Soares.

Dedicado ao nosso professor Raul Iturra Redondo, professor catedrático do ISCTE, especialista em Etnopsicologia, Antropologia e em tantas outras áreas e muito melhor do que algum dia eu serei.

Mão morta/Mãe morta
Vai bater aquela porta
“Que se lixe quem não dança”
(disse Carl Jung)

É o seculo XX/
É o sexo vintage
A nossa doença, a nossa militância
É há cá quem sofra de complexos
E quem se queixe de SIDA
Mesmo de novas misturas
Em casais de pombos
E há cada vez mais novos combos
E até electro-choques
(Insulina a rodos) e outros mentais retoques

Querida
Apareces-me em sonhos
Com penas de gato e muita comida
Que não te falte nada
Mesmo assim vestida
A tua líbido é mistura
De desejo e bebida

Como a cabeça do bispo
Tu comes a cabeça da dama
Vendo-te o “cavalo”
Empresto-te a torre
Mas quero saber quem me ataca [Read more…]

Manter o homem ocupado?

Depois da repetida ameaça, em Março deste ano, Pedro Santana Lopes disse que estava a formar um movimento político e que o iria apresentar dentro de semanas. Estamos em Agosto e até agora nada.

Entretanto foi escolhido pelo Governo para Provedor da Santa Casa da Misericórdia. Será para manter o homem ocupado e adiar o “movimento” mais umas longas semanas?

Não perca mais um episódio da novela “Eu vou andar por aí”.

%d bloggers like this: