O caso do “estripador de Lisboa” em 1992/93

Agora, por um acaso quase anedótico, os media referem que foi finalmente descoberto o “estripador de Lisboa”, que no início dos anos 90 terá morto (a ter sido o mesmo autor para todos os crimes, como a geografia e o modus operandi indicam) e esventrado três prostitutas.

O caso nunca foi desvendado e os crimes do “estripador de Lisboa” nunca foram deslindados. As pistas provaveis passaram por locais diversos, incluindo os EUA. Abandonada a pista americana, os acontecimentos permaneceram em mistério e o seu autor nunca foi identificado. Até hoje?

De que falamos quando falamos do chamado “estripador de Lisboa”? Eis a reportagem completa:

clique para ver a parte 2 e parte 3.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.