Hóquei em Campo: Carla Santos vence projecto europeu

Armindo de Vasconcelos

A Federação Europeia de Hóquei (FEH) lançou, recentemente, um novo projecto de dinamização da modalidade, a que chamou “Get and Give”. Pretende a tutela europeia da modalidade “dinamizar o fluxo de informação, sobretudo na área de eventos” (torneios, festivais e seminários, oportunidades de emprego para atletas, treinadores e árbitros) ou, simplesmente, a permuta de algo mais prosaico como equipamentos, sticks ou campos de hóquei.

O desenvolvimento desta ideia foi entregue ao Comité de Comunicação da FEH, de que faz parte o incansável Marcos Castro, responsável também pela comunicação e marketing da Federação Portuguesa de Hóquei.

Pretendia-se “uma imagem forte, apelativa e de fácil identificação para o público no que concerne à captação da mensagem para que foi idealizada”.

A vencedora deste projecto de design foi a jovem portuguesa, Carla Santos, colaboradora, ela também, da FPH e que, ainda recentemente, deu corpo ao elogiadíssimo logótipo do Campeonato da Europa, realizado no Jamor.

Os jovens portugueses continuam, desta forma auspiciosa, a dar cartas a nível europeu, razão por que aqui deixamos o merecido registo da vencedora e da sua imagem vencedora.

Fotos: fphoquei.pt

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Há portugueses tantos – cada vez mais e fantásticos – é fundamental retirá-los do “anonimato” e LISTAR todos em cada modalidade da sua intervenção na vida e dignificação do país e das pessoas- a dignidade anda por aqui mas não é posta “ao SOL” para que seja conhecida e vista e nos alimente – mais – em dias de “penúria”

    • Armindo de Vasconcelos says:

      Os Jogos Olímpicos são bons porque nos dão a conhecer histórias de vida incríveis. Mal é quando cobramos a cidadãos que nem conhecemos direito medalhas. A maioria não conhece a mínima parte dos sacrifícios dos atletas que estão a competir ou já competiram. Não conhece nem quer conhecer. É por isso que se torna injusta a pressão que se faz sobre eles. Eles atingiram a excelência para os parâmetros nacionais. Ponto final. Exigir mais é cruel.

  2. maria celeste ramos says:

    Ontem estive até de madrugada e sol à vista, a ver os olimpicos e vi a tristeza da Telma que era esperança de repetir medalha e vi o ping-pong – ontem canseimme muito mas adorei ver claro – este ano muitos dos bons lesionaram-se antes de puderem participar até o Nelson Évora

  3. maria celeste ramos says:

    Independentemente de a delegação portuguesa já ser de dimensão bem boa pois que em 10 mihºoes dehabitantes já é bem bom – a delegação americana parecia uma invasão mas afinal nada ganharam – xineses e russos e japoneses e alemães não se descuidam – até me admirei que em tempo de vacas magras houvesse tantos portuguses e que os há tantos e bons e medalhados – este país não merece os CUelhos e os CUelhos tâm mixomatose

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.