RTP Porto #3

Sabiam que o Centro de Produção Norte da RTP (rádio e televisão) foi, de todas as estruturas do universo RTP, a que mais pessoal reduziu ao longo dos últimos anos?

Só no último plano de saídas voluntárias, executado em finais de 2011, saíram 10% dos trabalhadores do Centro, deixando várias áreas de apoio técnico completamente desguarnecidas e a obrigarem os trabalhadores que ficaram a esforços suplementares consideráveis.

Comments

  1. Amadeu says:

    Não se atrevam a tocar no meu queijo. Em todos os outros, pode ser.

  2. maria celeste ramos says:

    Há cada comentário no aventar por vezes de estarrecer- talvez os meus também sejam (?????????????)
    Estes neo-liberais são fantásticos – se quizerem eu dou de borla as minhas memórias do tempo da ditadura desde 1917 até 1974 – seria interessante (quererem)

  3. maria celeste ramos says:

    1917 ler 1927

    • Pedro Paulo de Proença says:

      A RTP é «telebasura» paga obrigatoriamente por todos nós. Não há um único programa que se aproveite e todos os anos me vão ao bolso, pagando eu uma coisa da qual não usufruo. É só apresentadores pagos pricincipescamente, cheios de tiques e manias, de alta soberba e tamanha ignorância que irrita ver e ouvir. Acabe-se com esta festa: seja privatizada, mas que deixem de me ir ao bolso.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.