Eram Quatro Meninas

meninas

Eram quatro meninas, qual delas a mais linda. Conheceram-se em Coimbra e os seus coraçõezinhos imediatamente se sentiram ligados por aqueles laços que tantas vezes escapam aos adultos. Eram quatro meninas que logo ali, naquele restaurante desconhecido, iniciaram brincadeiras e cumplicidades que se prolongaram para além da separação. A duas delas faltava o A.R. com que se escrevem os nomes das amiguinhas distantes. Os pais, sensibilizados por tão bela amizade, acabaram por também estreitar laços de amizade já existentes. As quatro meninas voltaram a encontrar-se, agora em casa de duas delas. Quatro meninas cujas iniciais são as primeiras quatro letras do almoço que serviu de mote a este encontro. A amizade e as brincadeiras retomaram-se no ponto em que haviam ficado naquele dia da descoberta e separação. Voltaram a separar-se com a promessa parental de novo encontro para breve, muito breve, o mais breve possível. São quatro meninas cada vez mais amigas, cada vez mais próximas. São quatro meninas, filhas de bloggers Aventadores. São quatro meninas, cada vez mais lindas, cada vez mais amigas. São quatro meninas, todas pequeninas. Serão o futuro do Aventar?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.