Blogs do ano 2012 – resultados finais

blogs-do-ano-2012-wide-800px

Eis chegados ao fim do concurso Blogs do Ano 2012, sendo este o momento de apresentação de resultados. Estão aqui: Blogs do ano 2012 – resultados finais

António Costa is the man #2

antonio costa
António Costa

António Costa apenas reemergido para o combate político e já as comadres se zangam, remexendo papéis velhos e histórias que não abonam, outras guerras, interesses, pequenos e médios ressentimentos que se esgrimem por aí, com acusações extemporâneas, sobre assuntos outros, um alvoroço de culpas e fraquezas apontadas ao actual Presidente da Câmara de Lisboa. Um retrato de uma sociedade em que a crítica se guarda para depois como uma vingança.

Limpar armas

Sábado foi dia de mais uma enorme Manifestação em Lisboa e os Professores que viajaram do Norte tiveram uma participação fantástica.DSC00360Isto, apesar de nos últimos dias, os agentes ao serviço do PSD, procuraram tirar sentido à manifestação – alguns escreveram no Público, outros nos blogues e até houve alguns que visitaram escolas de Vila Nova de Gaia.

Há muitos e variados motivos para colocar os nomes nestes bois, mas em tempo de guerra não há armas para limpar.

Vamos juntos, vamos todos, como ontem sugeria Mário Nogueira.

Quanto aos que acham que é preciso lutar, mas não desta forma, que são, aliás, os mesmos que dizem que a coisa não vai lá com greves (não vai com greves, não vai com manifestações,…) seria interessante que nos deixassem algumas sugestões. Fica o desafio.

Visto e ouvisto

Relvas: vai estudar!

vistoouvisto

Porrajmos, o holocausto cigano

Espero que o 27 de Janeiro, Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, não inclua discriminação de vítimas (holocausto, pelo seu significado religioso, não é uma palavra isenta). Nem todos os povos têm os mesmos meios para divulgarem a sua História e os seus mortos.

Também por isso relembro os 500 000 ciganos assassinados, proporcionalmente o povo que mais sofreu nas mãos do nazismo. No dia 2 de Agosto ouvi mais silêncio que outra coisa qualquer.

Referendos é que não!

Franceses querem britânicos fora da UE? Uma sondagem parisiense diz que sim.

O Rico Português, Tese de um Par de Linhas

Toda a minha vida observei indirectamente o que é um português rico. Não vou revelar a fonte raivosa, legitimamente raivosa, da informação. Apenas desejo pincelar alguns traços distintivos que tornam o nosso rico um tipo muito pouco recomendável, um indigente moral, alguém digno de nojo, apesar da roupa usada que dá para a caridade e das esmolas que deposita com fastio nalguma causa, contra o cancro por exemplo, o que é quase nada.

O que é um português rico? Um zero social. Lucra pessoalmente dois ou três milhões por ano? Atira todas as despesas pessoais para a empresa, contorna o Fisco com mestria, especializou-se em fazer dinheiro, e faz efectivamente muito dinheiro, com a mesma naturalidade mecânica tipo lei físico-química, lei gravitacional, com que nos vemos privados, melhor, surripiados dele, pelo contexto global e pela política, para suprir o básico: não há nem cristianismo social nem filantropia britânica no português rico: trata-se de uma ilha desumanista e associal que não tem em vista, nunca teve, jamais terá, criar postos de trabalho e por vários modos fazer a diferença na sociedade, mas somente explorar oportunidades de lucro com o máximo de automatismos robóticos possíveis, sem gente a atrapalhar. Tipicamente! [Read more…]

Propriedade intelectual

Cadeias de intermediários e domínio público: business as usual com as heranças da Humanidade.

UE: união política ou fim

Um grupo de escritores, entre os quais o “nosso” Lobo Antunes, assinou um manifesto que suscita algumas questões pertinentes: a que países poderia servir uma Europa subitamente unida politicamente depois da extorsão e dos malogrados programas de convergência? Recomeçar é possível?

Bom dia, Praga

Imagem

Portugal encerrou a sua participação no europeu feminino de sub-21 com um empate. Portugal e Turquia, convidados após desistências das titulares dos lugares no Championship, a divisão da elite europeia, aproveitaram a oportunidade de se mostrar, mas só as turcas conquistaram, em campo, o direito à glória.

Portugal, que perdeu naturalmente com a República Checa (3-0) e Polónia (2-0), respectivamente medalhas de bronze e de prata em 2011 e que vão disputar mais tarde a final deste europeu, acabaria por vencer a Suécia (sétima classificada em 2011), naquela que foi a primeira vitória das linces numa Divisão A. [Read more…]

Uma portuguesa dirige a final

A lisboeta Ana Faias, a apitar a sua quarta prova na República Checa, foi escolhida para dirigir a final de Praga, do Europeu feminino de sub-21 .

Nos três jogos que já leva nesta prova, foi acompanhada no Áustria – Turquia por Karzhevik (Bielorrússia); no República Checa – Polónia, por Kovaleva da Rússia; no Rússia – Áustria, por Ozturk da Turquia.

Logo, pelas 13h30, fará equipa com a alemã Blasek no jogo entre a Polónia e a República Checa (Ana Faias já tinha dirigido o jogo entre estas selecções, na primeira fase), que encerra a prova e decide o novo campeão europeu feminino de indoor.

Imagem [Read more…]

Earth

Earth (Terra), de 1998, é o segundo filme da trilogia de Deepa Mehta. Legendado em Inglês. O terceiro filme da trilogia, Water (Água), de 2005, não dá ainda na net.
Ficha IMDb

%d bloggers like this: