Também não é preciso exagerar

eusebio
Só falta dizer que Eusébio foi um preso político do salazarismo…

Comments


  1. O Homem até pulava de alegria por esse canalha nazi.

  2. Fernando says:

    Os futebolistas não se destacam pelo o seu intelecto…
    Destacam-se com pontapés e malabarismos com um objecto esférico.

    Profissionais do circo também fazem isso, e quando morrem não merecem 3 dias de luto.

    Paulo Portas também se destaca com malabarismos, ao som de ACDC… Será que também vão declarar 3 dias de luto quando se encontrar com o Dr. Salazar no inferno?

  3. Fernando says:

    Quando o menino Jesus crescer quer ser como o Eusébio ou como o Ronaldo…

    Eu peço aos responsáveis dos jornais, sites e tvs mainstream que amanhã esqueçam o Eusébio e voltem à programação diária do costume, ou seja, a manipular a zombificada população portuguesa.

  4. Fernando says:

    Vou ao sapo.pt e encontro a seguinte “notícia”:

    “Estátua protegida, camisola do Benfica com imagem de Eusébio”

    É importantíssimo saber que um pedaço de metal está bem aconchegado, especialmente com este tempo marafado ainda apanha uma gripe, que digam os mais orgânicos sem abrigo…

    clico e sou direccionado para um site de desporto, e leio:

    “O presidente do Benfica anunciou que o espaço vai ser mais um de homenagem ao King.”

    Pronto! O “King” já tem santuário, imagino que ao lado abra um negócio de velas, talvez gerido pela Maya…

  5. Fernando Santos says:

    Uma vez que não há nomes exclusivos e para evitar qualquer confusão vou identificar-me por Fernando S. Em Portugal exagerar, caluniar, ofender e invejar e’ a coisa mais natural. Como também e’ natural contar anedotas ou raios e coriscos sobre alguém enquanto vivo, mas assim que passed away, e’ so elogios por vezes exagerados quase que hipocritos. Não sou – nem de perto nem de longe – um fanático do futebol, como alias não sou do crickter ( e tenho de o gramar desde ha 4 dias nas news), mas tal não me invalida de aceitar que Eusébio foi uma figura destacada no panorama futebolistico, na época não tão tóxico como e’ hoje. Mas dai a conferir 3 dias de luto nacional, e’ um exagero.
    Quantos dias atribuirão a Carlos Lopes ou Rosa Mota que foram nas suas especialidades CAMPEÕES DO MUNDO. Titulo que muitos NUNCA o alcançaram.

  6. portela says:

    Há um facto, talvez único na Europa e que não pode ser esquecido. O Benfica foi campeão europeu e a melhor equipa de futebol da Europa, durante vários anos, só com jogadores nacionais; nascidos no continente e no ultramar.
    .

  7. portela says:

    Moçambique foi um maná, Angola, Cabo Verde igualmente. Até de Macau veio o Shéu Han e o Lou Fu Cheu que é o Rocha, da Académica de Coimbra. Fechado o ciclo temos o Brasil. E entre os brasileiros Mozer é dos que mais admiro pela sua liderança e carisma.

  8. Gabriel says:

    Para quem acha que os futebolistas são burros e apenas malabaristas, gostaria de vos ver correr 50 metros com uma bola pesada, ultrapassar e fintar 4 ou 5 adversários com os dois pés, sair da linha e aproximar-me de um ângulo mais aberto da baliza sem perder noção

    1) Da localização da bola
    2) Da localização de potenciais adversários
    3) Da localização da baliza
    4) Da localização do guarda-redes
    5) Da localização de potenciais colegas

    isto tudo em menos de 15 segundos.

    É claro que para acabar com isto só sendo completamente varrido por dois adversários, levar uma palmadita no rosto, e marcar o penaltie como quem não quer a coisa… GOLO!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.