Sobre os soldados que estão na Crimeia e que não são russos

image

Tal como o Major Lomtev disse em Teodósia:”Conhecemos muitos deles porque fizemos muitos exercícios em conjunto e temos relações estreitas com eles. Para ser honesto, não acho que eles tenham orgulho nas ordens que estão a cumprir neste momento. [The Guardian]

Uma verdade de polichinelo é esta, todos saberem que as tropas são russas mas fazendo-se de conta que não se sabe. A outra é que nenhuma potência, militar ou económica, alguma vez permitirá vizinhança inconveniente no seu quintal. Imagine-se, por exemplo, um Canadá comunista.

E um vizinho pobre, a quem se empreste dinheiro e que dependa da nossa energia, é muito mais domesticável, de nada servindo, inclusivamente, guloseimas com sabor a euros, dólares e chocolate. Más notícias para a Ucrânia, condenada a ser independente, desde que continue pobre e encostada à Rússia.

foto: activistas Femen a protestarem contra a guerra, frente ao parlamento da Crimeia, durante um rally pró-russo, em 6 de Março de 2014 (Alexander Nemenov/AFP Photo)

Comments


  1. Talvez não esteja tão condenada como isso. Veja-se o que aconteceu com Portugal e Espanha. Pequeninos como somos, conseguimos dividir o mundo com eles e o período em que estívemos sob o seu domínio foi resultado da ambição excessiva de um dos nossos reis que queria… dominar Espanha.


  2. Ou explorada pelo Ocidente…


  3. Há quem consiga inverter a história ?’ pois há – e nem consegue ver, ainda hoje, o que o genoma revela como se se pudesse mudar o genoma pessoal e nacional – Leiam o que está escrevendo Eduardo Lourenço – Ele vale a pena ler – e aproveitem já passou os 90 anos

  4. A.Silva says:

    Porque é que tipos quando não sabem o que escrever não ficam calados??? É assim tão dificil?

  5. César P. Sousa says:

    Malvados russos ! – Deixai vir ao regaço abençoado da UE os pobrezitos “Cranianos” ! Na companhia da Merkel e do seu caniche Barroso viverão felizes para sempre !!!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.