Ternura dos quarenta

ternura-dos-quarenta

Comments

  1. Bento 2014 says:

    Sinto-me embraiado, o motor ronca mas a trotineta não se mexe. Não há respeito pelo 25 de Abril quando ainda hoje todos o querem cavalgar como sendo propriedade sua, mesmo o que lhe saltaram em cima á pressa. Por este andar nunca mais chega Maio

Trackbacks


  1. […] era a preto e branco* Autor convidado – Ana Cristina Leonardo Uma memória do meu 25 de Abril* Ternura dos quarenta Autor convidado – Paulo Guinote O Rebuliço 40 anos desta espécie de democracia Já a seguir: […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.