Diálogo sobre a intervenção directa no processo de avaliação


sam shepard

© 2006 La MaMa production (http://bit.ly/toothofcrime1)

Hoss: How could this happen?
— Sam Shepard, The Tooth Of Crime

 ***

– Explique-me, por favor: quem é que intervém directamente na avaliação do desempenho dos docentes do ISCTE-IUL?

– É muito simples. Na avaliação do desempenho dos docentes do ISCTE-IUL, intervêm directamente quer o Avaliado, quer…

– O Avaliado intervém directamente na avaliação do desempenho?

– Sim, o Avaliado intervém directamente na avaliação do desempenho. Leia o Regulamento de avaliação do desempenho dos docentes do ISCTE-IUL e perceberá: “Intervêm directamente no processo de avaliação do desempenho: a) O Avaliado; b) O Diretor do Departamento…”…

– O Diretor?

– Exactamente: o Diretor.

director

– Está a insinuar que o Diretor do Departamento intervém directamente na avaliação do desempenho? O Diretor intervém directamente? Desde quando é que um Diretor intervém directamente? Qualquer dia, temos um Director a intervir diretamente, ou se calhar um …

– Peço desculpa, mas se é possível encontrarmos “respectiva autorização” e “respetivos Anexos”, no texto do Regulamento, publicado no Diário da República de 10 de Outubro de 2014, nada impede que um Diretor possa intervir directamente.

respectiva

Respectiva? Qual é o problema de respectiva? Em português do Brasil, respectiva não se mantém?

– Mantém-se. Mas o Lince não admite respectiva em português europeu.

– E respectivos? Respectivos não…

– Sim, no Brasil. Em Portugal, respectivos passa pelo Lince e obtemos respetivos.

– Portanto, respectiva e respectivos no Brasil?

– Claro. No entanto, como respectiva e respectivos são grafias adequadas ao português europeu e respetivarespetivos não são, pronto, olhe, andamos nisto.

– Nisto?

objectivo

– Também.

– No Diário da República?

– No Diário da República.

– How could this happen?

– “σὺν δ᾽ ἐποιμαίνοντο χαρᾶι μελέων βαλιαί τε λύγκες”.

– A sério?

Comments

  1. luis coelho says:

    Depois de todo este bla bla, temos economistas merdosos que só servem para fazer o frete ao sistema quer como politicos quer como comentadores da treta, que não sabem fazer nada a não ser manipular números e gráficos conforme as conveniências de quem lhes garante o tacho, ou analizar as situações ocorridas, “fazer prognósticos depois do jogo”

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s