Diálogo indecoroso

Lisboa, Avenida da Liberdade, caia a noite. Ele caminhava pausadamente pela rua, com ar disponível. Ouve-se uma voz feminina dengosa e sensual: “Querido, queres companhia?” “Quanto?” – pergunta ele. “São duzentos, pagas o quarto e as novas Taxas de Turismo e de Segurança”.

Comments


  1. Isso era na rua ou em algum escritório…?


  2. não sabia que Lisboa era um destino do chamado turismo sexual

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.