Para a próxima mete os quadros do ministério a fazer chamadas

Mais uma da inenarrável ministra da justiça.

image

Ministra da Justiça usa dirigentes públicos para fins eleitorais
Os directores-gerais receberam um e-mail a pedir, com “urgência”, que identificassem as medidas do programa eleitoral do PS que já foram realizadas por este Governo ou que estão em vias de o ser. A ordem está a gerar incómodo. [DN]

O email é chato. Tem a mania de persistir.

Eis a verdadeira razão para a existência das nomeações políticas. Nestes anos de profundas transformações, já alguém ouviu falar em mudanças neste domínio? Pois. E antes que me venham falar da CRESAP, deixem-me rir.

Comments

  1. Assim fácil?

  2. niko says:

    julgam-se os DDT. vão destruir tudo até Setembro com a benção do chefe.

Trackbacks

  1. […] declaração, quando comparada com o caso de Paula Teixeira da Cruz,  que documenta preto no branco o uso do estado pelo PSD, sendo grave, torna-se uma coisa menor, […]

  2. […] para o crash na plataforma Citius. Tentou passar as responsabilidades para terceiros, sem sucesso. Usou recursos do estado em favor da campanha eleitoral da coligação e mentiu deliberadamente aos […]

  3. […] com os dos seus partidos, como de resto foi acontecendo por cá com os seus parentes políticos: Paula Teixeira da Cruz usou dirigentes públicos para servir a campanha do PàF, Pires de Lima seguiu-lhe os passos e até o sítio do Governo publicou um documento […]

  4. […] “odor a salazarismo mais bafiento” é a mesma que manipulou indicadores sobre a pedofilia, que usou dirigentes públicos em prol da campanha eleitoral da coligação PSD/CDS-PP e que, entre tantos episódios inesquecíveis que protagonizou, acusou dois técnicos da Polícia […]

  5. […] que a coisa lá vai. Tal como não vai lá com manipulação de dados sobre a pedofilia ou com a utilização de funcionários públicos para fins eleitorais. Mas é sempre interessante ver Paula Teixeira da Cruz dar estas belas lições de disparate e […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.