Valorização do kwanza rebenta a escala planetária!

Kwanza

Mesmo após a anunciada desvalorização por parte do Banco Nacional de Angola, o kwanza é provavelmente a moeda mais valiosa do planeta terra. Segundo o Diário Económico, cada kwanza vale hoje 116,8745 dólares, cerca de 104 euros. Afinal o Álvaro Sobrinho comprou o Jorge Jesus em saldos. É que segundo o conversor que costumo usar, que estará com certeza desactualizado, o salário anual do novo treinador do Sporting é afinal de 461,50 euros, isto considerando a nova taxa de conversão anunciada pelo Diário Económico, claro! Sai o homem do Benfica para ganhar abaixo do salário mínimo…

Tenham medo! É desta que eles levam o país todo.

Sobre portugueses que vivem acima das suas possibilidades

PS em situação de falência técnica. E viva o rigor socialista!

Conversas encomendadas entre um caloteiro desonesto e um maçon alucinado

Passos Montenegro

Foto@Lusa/TVI24

Na foto em cima podemos encontrar um caloteiro fiscal com gosto pela mentira, um maçon que alucina com realidades sociais inexistentes e um companheiro de ambos sob investigação por ser o alegado cérebro de uma complexa rede de tráfico de influências que terá lesado o país em alguns milhões de euros, com esquemas de ajustes directos e favorecimentos variados à mistura. Os dois primeiros protagonizaram hoje, no Parlamento, um exercício de aldrabice pré-eleitoral, área em que pelo menos o primeiro é uma das maiores autoridades nacionais, ao voltar a tentar colar os seus pares socialistas aos gregos do Syriza. Isto é estúpido por vários motivos, fáceis de perceber, mas destacaria apenas o facto do Syriza ser um partido de esquerda enquanto que o PS é uma espécie de híbrido do centrão que consegue conciliar belos poemas de Manuel Alegre com o apoio envergonhado à austeridade e um programa eleitoral coordenado por um liberal.

[Read more…]

Como funciona o futebol moderno?

Está na cara que a transferência de que se fala não corresponde minimamente à realidade financeira do Sporting. A indignação de Dias da Cunha é muito justificada, melhor do que ninguém ele sabe que aquilo é um crime. Mas mais importante que dissertar aqui sobre a distracção colectiva do momento, dos detalhes sórdidos da transferência em si, peço a atenção do leitor para o cerne do problema. Para essa nova criminalidade que invadiu o futebol europeu que usa obscuros fundos de investimento, agentes de futebol sem escrúpulos, sites de apostas e resultados combinados. Estas modernices já aterraram em Portugal há alguns anos e não se restringem aos três grandes, quase todos os clubes da Primeira Liga participam nestes esquemas manhosos. Vejam com atenção a reportagem realizada em 2013 pela France 2 está lá tudo, até exemplos em Portugal.