A oferenda

2010-03-27-12h49m021
TAP, 11-6-2015

Erguer a cabeça e seguir em frente, por Cavaco Silva

Sócrates 4ever

Ao chegar a Lamego, supostamente pela estrada que comitiva presidencial percorreu na sua deslocação para as comemorações do 10 de Junho, Cavaco Silva deparou-se com o simpático cartaz que podem ver em cima, dos irredutíveis apoiantes desse estratega que é José Sócrates, que conseguiu recusar a prisão domiciliária antes mesmo do juiz Carlos Alexandre recusar a sugestão do Ministério Público para a conceder. O ex-primeiro-ministro continua assim atrás das grades do Estabelecimento Prisional de Évora, sem que se conheça qualquer acusação, enquanto o homem do dinheiro se encontra no conforto do lar. Ainda não foi este ano que Sócrates deixou de ser o único primeiro-ministro a não receber qualquer condecoração no 10 de Junho.

Na sessão solene de boas vindas da passada Terça-feira na Câmara Municipal de Lamego, Cavaco Silva chamou a atenção dos portugueses para a necessidade de “erguer a cabeça e de seguir em frente”, arte que o presidente tão bem domina. Quando no final de 2008 o governo do agora recluso José Sócrates anunciou a nacionalização do banco da rapaziada amiga, Cavaco já lá estava, de cabeça erguida e a seguir em frente quando se viu associado a vendas de acções e permutas de moradias no mínimo suspeitas que mereciam investigação policial. Durante algum tempo até foi mantendo alguns destes amigalhaços debaixo da sua asa. Com os holofotes quase todos em Oliveira e Costa, o empreendedor do século segundo Pedro Passos Coelho ainda se passeava pelo Conselho de Estado e alguns ex-quadros de topo da maior fraude bancária da história de Portugal surgiam na Comissão de Honra da sua recandidatura em 2011. Cavaco seguia em frente de cabeça erguida.

[Read more…]

TAP vendida por 1 euro

Se ainda somos 10 milhões…

Governo vende TAP por 10 milhões de euros
Sérgio Monteiro confirmou ao início da tarde a venda do grupo TAP ao consórcio de David Neeleman e do grupo Barraqueiro. O encaixe para o Estado será de…. 10 milhões por 61% da companhia. Contrato obriga próximo governo a vender o resto do capital da TAP. (…)
“O negócio é sobre todos os pontos de vista um sucesso”, decretou Sérgio Monteiro, secretário de Estado dos Transportes, que rematou: “Quinze anos depois de muitos tentarem, nós conseguimos vender a TAP.” [ionline]

euro

E qual é o sucesso? Ter sido vendida a TAP.

Vamos lá relativizar o sucesso. [Read more…]

E se isto tivesse acontecido na Rússia, na Venezuela ou no Irão? (VII)

Se isto tivesse acontecido na Rússia, na Venezuela ou no Irão, os unicórnios moralistas, hipócritas e facciosos do costume teriam berrado a sua indignação e dissertado eloquentemente sobre o fim do mundo que se aproximava por não haver mão nessa esquerdalhada bárbara. Aprove-se mais um pacote de sanções, endureça-se o embargo, promova-se o isolamento e treinem-se mais uns terroristas para desgastar o inimigo.

[Read more…]

Sim, foi no Egipto

egipto

Efectivamente, no Egipto.

Informação relevante: ‘egípcio‘ é relativo ou pertencente ao/natural ou habitante do ‘Egipto’ e, em português europeu, como escrevi em 2009 (p. 60), a grafia ‘Egito’ existe, sim, mas para o Gonçalves.

Mais considerações serão tecidas e outras informações serão prestadas quando houver a tal “discussão mais focada sobre as matérias mais controversas”.

Exactamente, as matérias mais controversas.