Grécia obrigada a pagar antes do referendo

O poder estabelecido faz o seu movimento.

Dijsselbloem confirmou que o prazo final para o próximo pagamento é mesmo a próxima terça-feira, e disse que o Governo grego não tem credibilidade suficiente para prometer implementar o que os gregos decidirem em referendo. [P]

E a Europa da suposta união terminou oficialmente hoje.

Ministros das Finanças suspendem reunião e voltam a debater já sem a presença do ministro grego Yanis Varoufakis; [P]

E quais foram os grandes motivos da “discórdia”? Os credores não aceitam um imposto de 12% sobre lucros superiores a meio milhão de euros, querem menos 1% no aumento de IRC, recusam que as empresas paguem mais segurança social e querem que a restauração pague 23% de IVA.

Aqui está a barreira intransponível. A não ser que, como é óbvio, a agenda escondida seja outra.

Comments

  1. Carvalho says:

    O que se está a passar é uma guerra: entre a Democracia e a ditadura (mal disfarçada) de uma Europa autoritária, anti-democrática, de extrema direita.
    Esta Europa caga nos povos e caga na democracia.
    A estes dirigentes europeus apenas interessa a sua agenda política: há anos que dizem aos povos europeus que não existe alternativa à austeridade.
    Se os gregos conseguissem, agora, levantar a cabeça, os povos que têm sofrido a austeridade perceberiam que lhes têm andado a mentir. Perceberiam que, afinal de contas, existe outro caminho. E isso seria a morte política da escumalha direitista que desgoverna a Europa.
    É por isto que os gregos não podem vencer e vão ser humilhados. Em nome do interesse das direitas mais macabras e dos interesses financeiros de quem já é muito rico.
    Que se lixem os gregos, diz a Europa. Que se foda a Europa, digo eu.
    Vivam os gregos, os únicos que ainda tentam ser dignos. Por alguma coisa foi que nasceu ali a Democracia e não na Alemanha.

  2. Rui Silva says:

    Não sei que dignidade á pode haver em andar por todo o lado de mão estendida…

    cps

    Rui SIlva


    • Quem anda de mão estendida são os “faxos” de Portugal, Espanha…
      Você chama dignidade ao rastejar dos nossos políticos em Bruxelas?

      Valha-me a santinha.

    • Flemish Doc says:

      Certamente mais digno do que andar por todo o lado a oferecer o rabinho, como o têm feito certos austeros mas “bons alunos” da Europa.

      • Rui Silva says:

        Caro Flemish Doc,
        Só cá faltava mesmo era a homofobia.
        Você não sabe que hoje em dia, um homem usar o rabinho para praticar sexo não é indigno.

        cps

        Rui SIlva

        • Flemish Doc says:

          Caro Rui:
          Não desconverse. Sabe bem o significado da expressão – o da mais íntima submissão. Uma atitude que não critico nem deixo de criticar no que toca à relação consentida entre duas pessoas do mesmo sexo. Estamos a falar de países em que a submissão dificilmente reflete um genuíno consentimento do povo. Mas sabe bem do que falo… Atirar areia aos olhos dos outros (ainda por cima recorrendo ao argumento homofóbico, o que é particularmente baixo) é uma estratégia bem gasta para quem já não sabe muito bem o que dizer ou mesmo pensar… Enfim, e para que fique bem claro, utilizei a expressão de forma metafórica.

          • Rui Silva says:

            Ok, não precisa de se desculpar.
            Pior que isso é receber o salário ao fim do mês sabendo o recebe porque alguém anda a submeter-se á indignidade de pedir dinheiro no nosso nome e mesmo assim criticar. O atual governo (que não apoio) foi um gestor da massa falida, mas você ache que tinha obrigação de fazer crescer a empresa, aumentar os salários etc.

            cumps

            Rui Silva


  3. A agenda escondida deve ter sido de estarrecer. Para dirigentes que falam normalmente por enigmas serem tão claros a dizerem que precisam de adultos na sala(que eu me lembre nem conversações entre russos e UE se usou linguagem táo clara) calculo a que ponto chegou a “competência” dos garotos gregos. Deve ter sido de estarrecer o melhor diplomata!!


  4. Acho graça que um marmanjo que falsificou as habilitações literárias fale em credibilidade…


  5. E façam o favor de obedecer ao Obama…Não é ele o dono?

Trackbacks


  1. […] alcançar um acordo sem que alguém perdesse a face. A Grécia está como qualquer devedor obrigada a respeitar os compromissos assumidos ou entrará em incumprimento, com tudo o que isso acarreta […]


  2. […] essa chatice. E que tal olhar para as reduzidas diferenças entre ambas as […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.