Professor de História para a próxima universidade de Verão da JSD precisa-se!

JSD

A JSD, um dos “braços armados” do PàF nas redes sociais, decidiu fazer uma montagem para instigar ainda mais medo nos portugueses. Pegou nas fotos de Catarina Martins, António Costa e Jerónimo de Sousa, usou o chavão-fetiche da propaganda da direita radicalizada, acrescentou Lenine num fundo vermelho e concluiu arruinando o panfleto. E porquê? Porque entre milhares de fotografias disponíveis na internet capazes de denegrir o comunismo das mais variadas formas, dos gulags à repressão, os adoráveis jotas decidiram escolher uma imagem que, independentemente da repulsa que qualquer pessoa possa sentir pelo comunismo, nos traz à memória uma boa recordação, visto retratar a tomada de Berlim pelas tropas soviéticas, no final da Segunda Guerra Mundial, quando a malta do Ocidente até tinha uma aliança militar com os soviéticos para derrotar os nazis. Ou será que a derrota dos nazis é uma má recordação para a JSD? Quero mesmo acreditar que não mas, nestes tempos de radicalização à direita, who knows?

Comments

  1. Carvalho says:

    É normal. Se eles fossem inteligentes e soubessem História, não eram da jsd, não lhe parece?


  2. Não acredito que tenham deixado passar a oportunidade para constatar o facto de que na analogia da JSD, se Costa, Catarina e Jerónimo são o exército russo “invasor” de Berlim, o PSD e CDS… são os nazis invadidos e derrotados.
    Lá na jota quem é que faz estas analogias, mesmo? Marketing não é com eles.

  3. GataMalvada28! says:

    Esqueceram-se do Mao e do Fidel… Imperdoável. Sim, porque é sabido que qualquer governo que tenda minimamente à esquerda tem automaticamente o potencial de se tornar uma ditadura. Um dos pontos do acordo de esquerda admite fundos públicos para a construção de gulags e campos de reeducação. Que seria de nós sem essas mentes iluminadas e superiores que frequentam as jotinhas?

  4. Santiago says:

    É no que dá comprar notas…ou então os currículos académicos nas faculdades privadas trazem uma história alternativa…

  5. NIKO says:

    Fazem parte do que se chama ressabiados. Que Deus lhes perdoe .

Trackbacks


  1. […] Em Novembro foi engraçado vê-los meter os pés pelas mãos com um cartaz que retratava a tomada de Berlim pelas tropas soviéticas, que só por acaso até combatiam ao lado dos EUA e do Reino Unido contra a Alemanha nazi, a qual era apresentada pelos doutos jotinhas com uma conotação negativa, numa tentativa falhada de atacar o acordo de esquerda e cujo resultado foi uma humilhação pública. Durante alguns dias, a JSD voltou a ser anedota nacional. Hitleriante. […]


  2. […] Que a miudagem da JSD de Santana queira fazer um concurso de misses, eu até compreendo. É preciso encher chouriços quando não há bandeiras para abanar. Que o líder da JSD de Marco de Canaveses deixe tudo para trás para se enfiar num reality show decadente e em decadência, que se resume a pouco mais que intriga, calhandrice e futilidade, num cenário onde a ordinarice e a vulgaridade parecem ser a regra, mesmo alegando algo tão absurdo como “Nada melhor que um reality show para mostrar às pessoas quem realmente eu sou“, também compreendo. Não é à toa que depois nos deparamos com discursos anedóticos e patéticos como este, que despertam sentimentos de pena e vergonha alheia, e que assistimos a tiros de bazuca no pé como aquele com que fomos brindados em Novembro passado. […]


  3. […] não me ria tanto com uma parvoíce oriunda da JSD desde que tentaram colar o acordo entre PS, PCP/PEV e BE à tomada de Berlim pelas tropas russas. Na altura, a coisa foi de tal forma parva que, inconscientemente (ou talvez não), acabaram por […]


  4. […] Eis a mais recente lapalissada do CDS-PP. Na sua campanha contra o direito individual de cada um decidir sobre a sua vida, o partido de Assunção Cristas saiu-se com esta obra de humor, digna de figurar no Inimigo Público. A eutanásia, dizem os centristas, mata. Thank you, Captain Obvious! É claro que a eutanásia mata. O objectivo é esse, amiguinhos! Sabemos que vocês gostam muito de liberdades individuais, principalmente aquelas que permitem a rebaldaria financeira ou o financiamento de colégios privados elitistas pelo depauperado erário público, e é com estranheza que verifico que optam por essa postura totalitária de negar um direito individual a quem vive em democracia. E são livres de o fazer. Mas um pouco mais de seriedade não vos ficava mal. Para fazer cartazes palermas, já cá temos a JSD. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.