Cavaco Silva pondera ouvir José Sócrates

jose_socrates_pensativo

Na sequência da actual crise política o Presidente da República, Cavaco Silva, após uma “ escapadinha “ na Madeira, continua a ouvir diversas entidades e personalidades desde a área política, passando pela económica, sindical, empresarial, até à área social.

Tive conhecimento que amanhã irá ouvir, entre outras personalidades, o ex-ministro das finanças do último governo socialista, Fernando Teixeira dos Santos. Parece-me que Cavaco Silva estará a ouvir demasiadas entidades e personalidades, contudo respeito a sua posição, mas daí até ouvir o ministro das finanças do governo responsável pelo pedido de resgate parece-me um exagero senão mesmo uma “obscenidade “ política.

Nesta lógica estou a imaginar que o desfile das personalidades que serão ouvidas por Cavaco Silva contará ainda com o ex-primeiro-ministro, José Sócrates, os antigos membros dos seus governos, Dias Loureiro e Duarte Lima, os autarcas modelo do seu tempo no PSD, Isaltino Morais e Valentim Loureiro, bem como o seu amigo e antigo banqueiro Ricardo Salgado do BES, e o seu amigo e vizinho de férias Oliveira e Costa do BPN.

E como isto precisa de alguma animação, porque parece que a procissão ainda vai no adro, sugiro a Cavaco Silva que pense ouvir a opinião de Quim Barreiros, António Raminhos, Cristina Ferreira, Nilton, Tony Carreira e Família, Fernando Alvim, Teresa Guilherme e os seus lavradores da “ Quinta “ para dar uma ajudinha às audiências do programa da TVI.

Comments

  1. FilipeMP says:

    Á lista acrescentava só o Papa Francisco.

  2. Maria João says:

    E o Tino de Rans?


  3. Eu acho sempre piada quando ouço alguém… espere, desta vez vou chamar as coisas pelos nomes. Eu acho sempre piada quando ouço alguém IGNORANTE dizer que o governo de Sócrates é o responsável pelo resgate financeiro. Portanto, pela sua lógica e da restante carneirada, os EUA entram numa crise financeira, falências de empresas históricas como a General Motors, AIG, Lehman Brothers, Bear Stearns só para citar alguns colossos, a crise atinge a Europa obrigando todos, eu repito, TODOS os países Europeus a tomar medidas para fazer face á crise, cerca de 20% dos países da União Europeia são intervencionados em resultado da crise, e vossa excelência iluminada pela vela da ignorância na escuridão que é o seu cérebro, brada aos ventos que é o Sócrates o responsável pela necessidade do resgate financeiro. Portanto, se o Sócrates não tivesse sido primeiro ministro o mundo andava todo em rebuliço a inventar medidas e soluções para lidar com a crise, mas Portugal não. Se não fosse o Sócrates cá estaríamos nós, os grandes Portugueses, os grandes doutores e engenheiros a ver a crise passar ao lado. Se não fosse o Sócrates a crise que abalou o mundo e principalmente a Europa teria sido ”peaners” para o nosso país construído de forma sólida por pessoas sérias e preparadas. Depois ouço outros dizer que ” Quem chamou a Troika foi o Sócrates…”. Bem, parece-me irrelevante quem chamou a Troika, relevante é Porque é que a Troika teve que ser chamada? Eu se vir um acidente ou um incêndio, chamo a ambulância, chamo os bombeiros e acho que ninguém com dois dedos de testa vai dizer que eu sou o responsável pelos acontecimentos…. por ter chamado a ambulância ou os bombeiros. Posso até ser, mas ser por outros motivos, mas não por ter chamado a ambulância ou os bombeiros. Verdade também que uma ambulância, os bombeiros qualquer pessoa pode chamar, ao contrário de pedir assistência financeira onde só o Primeiro Ministro o pode fazer, o que me leva a concluir duas coisa: A primeira: É óbvio que foi o Sócrates que chamou a Troika, mais ninguém o podia fazer. A Segunda: O facto de ter sido ele, obviamente, a chama-la, isso não me diz porque razão a chamou. Então o que trouxe a Troika a Portugal, que acontecimentos levaram a sermos obrigados a conviver com esta convidada ”indesejada” ?

    • Isabel says:

      Adorei ler ! 🙂

    • Ferpin says:

      Subscrevo o que diz. Costumo sentir o mesmo quando leio mais uma pessoa, não lhe chamaria ignorante, a dar razão a Goebels “uma mentira mil vezes repetida passa a ser verdade”.

      Escreveu esse sentimento muito bem.

    • Maria says:

      Não diria melhor… Na verdade, que chamou a Troika foram todos os partidos com assento na Assembleia ao não darem acordo ao PEC que, como sabem, tinha a aprovação de Bruxelas e da Sra. Merkl….Nunca vamos ficar a seber se teria sido suficiente ou não… A Espanha…lá se safou..

    • Nightwish says:

      Ora bem, a responsabilidade foi de quem achou que Portugal estava bem dentro do Euro.


  4. Cá em casa, já tínhamos manifestado o interesse em também sermos ouvidos pelo Presidente.

    Ele era toda a sociedade civil e arredores, incluindo as Desertas .

  5. Manuel da Silva Moutinho says:

    E também o emplastro, que está em todo o lado.

  6. Manuel Lopes says:

    Já que está a ouvir tanta gente, porque não o Dias Loureiro? E o Duarte Lima? E eu? E tu? E nós? E o povo? E os bichos do Jardim Zoológico? E os refugiados? E os jihadistas? E os presidentes dos clubes de futebol? E os “mitras”? E as (outras) múmias? E os zombies? E os vampiros? E os lobisomens? E os fantasmas? E as bruxas? São só alguns exemplos de quem se pode ouvir para passar tempo afim de adiar a indigitação de um novo Governo (especial atenção às bruxas, com os seus poderes de adivinhação e outros bruxedos inexplicáveis)…