Medo, preconceito, superstição e fantasia

com a chancela do Abominável César das Neves. Vale sempre a pena ver até onde pode ir uma mente retorcida. Nem o Natal lhe escapa…

Comments

  1. Nightwish says:

    Mas que raio é que acabei de ler?

  2. Maria João says:

    Doentio, é o mínimo que se pode dizer deste escrito abominável… inacreditável…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.