Porque pagamos tanto por combustíveis?

Combustiveis

Em Janeiro de 2014, o preço barril de Brent, referência para Portugal, rondava os 102€. Por cá, um litro de gasolina sem chumbo 95 custava em média 1,37€ ao passo que um litro gasóleo se situava nos 1,20€. Dois anos volvidos, com o barril de Brent a ser negociado por 29,18€, o valor mais baixo desde Dezembro de 2003, o litro de gasolina sem chumbo 95 custa em média 1,36€ e o de gasóleo 1,07€. Temos portanto uma descida superior a 70% no preço do barril por comparação a uma descida inferior a 1% na gasolina e de cerca de 11% no gasóleo. Apesar da esmagadora carga fiscal associada ao preço dos combustíveis, serei eu o único a achar que algo aqui não bate certo?

Comments

  1. Konigvs says:

    A “esmagadora carga fiscal” é uma percentagem, não é fixa, é proporcional ao preço por litro cobrado ao cliente, logo, não é por aí. O preço ao consumidor deveria baixar em função da baixa do custo da matéria prima. Mas em Portugal a atualização é bastante rápida mas é quando é para subir.
    E o preço deveria ser igual em Bragança ou em Faro, e não dependente de eu ter três bombas na minha rua ou não. Tal como o custo de enviar uma carta é o mesmo em todo o lado. Essa ainda é outra aberração maior. Depois, quem quisesse juntar pontos indo à mercearia, ou meter combustúveis Roskoff seria uma questão de escolha individual.
    Engraçado é ainda a DECO dizer que os combustíveis são todos iguais. O governo anterior obrigou as bombas a meter combustíveis “simples” mas nem aí o preço baixou. Ainda assim eu acho que os combustíveis não são todos iguais, apesar de virem todos do mesmo sítio.


    • “A “esmagadora carga fiscal” é uma percentagem”

      Isso não é verdade. O Imposto sobre produtos petrolíferos é um imposto específico e são mais de 60 cêntimos por por litro.

      • Konigvs says:

        Escrevi sem pensar… De facto estou-me já a lembrar dos cêntimos que o Sócrates aumentou por causa da Madeira, ou do imposto “verde” que o Coelho xulou no ano passado. E assim, de facto, nem que o barril de petróleo esteja a 0€ um litro de gasolina nunca vai custar barato ao contribuinte.

      • Sergio says:

        Ora entao informesse melhor. O imposto sobre combustiveis É de 62%na gasolina e 51% no gasoleo. Ora se temos 7,3 milhoes de viaturas civís a circular nas estradas portuguesas com um gasto medio de 6€ diario por individo, vamos a contas. 6×7.3= 43.8 milhoes . Ora se metade é imposto, = 21.9 milhoes de euros que entra diariamente para o governo somente em combustiveis ! 22 milhoes diarios. sabem fazer contas???? Tabaco… 3 milhoes de fumadores, 4€ por pack=12 milhoes . Dado que o imposto sobre o tabaco É de 70%, Sao mais 8.4 milhoes por dia…….. POR DIA


  2. Há muitos dividendos a necessitar de serem reforçados para pagar endividamentos e imparidades financeiras. Ou acham que o que se passou com o Banif et al. acaba aqui?

  3. joaovieira1 says:

    O Estado português, perante as responsabilidades financeiras globais e permanentes que assumiu, desde há longa data, não se pode dar ao luxo de depender de receitas fiscais aleatórias, ou seja, aquelas que variando, negativa e incontroladamente, poderiam pôr em risco a solvência dessas responsabilidades. Deste modo, a grande rigidez dos preços dos combustíveis, quando os preços do crude oscilam de modo tão amplo, reflecte aquela necessidade, por enquanto, inalienável, quanto a mim.

  4. tancredo says:

    “Porque razão as nações cristãs, no passado tão fracas, conseguem agora nos derrotar, quando tentamos invadir as suas fronteiras?” Pergunta o chefe militar muçulmano, Ibraim Muteferrik em 1731.
    Mas ele sabe o motivo e justifica: “Eles têm leis, inventadas pela razão, com regras entendidas e aceites pelo povo e por isso, religiosamente cumpridas”.
    .
    A batalha de Lepanto em 1571, foi o momento paradigmático.
    .

    • tancredo says:

      Porque razão o petróleo se tornou numa ameaça o joga com a vida de cada um de nós? Porque o Estado não criou leis, inventadas pela razão, entendidas e aceite por todos, ou pelo menos pela maioria..
      A lei que existe sobre a matéria é ditada pelas petrolíferas!

      • tancredo says:

        Quando a lei é justa, tanto vale aquele que tem dez mil poços de petróleo, como o outro que não tem onde cair morto.
        Mas como é notório, essa lei não vigora entre nós. Mais, a Constituição não dá conta da nossa realidade

    • Nightwish says:

      Não tem nada a ver com a qualidade da artilharia nem nada.

  5. carlos says:

    Eu também penso que está mal, mas temos que ser rigorosos para termos razão.
    As contas terão que ser feitas com todos os valores na mesma unidade.
    Ou trabalhamos em € ou em $, não podemos misturar os dois.


  6. Mesmo que o preço de Brent fosse a o (ZERO), o preço do gasóleo continuava a custar mais de 80 cêntimos:

    http://www.pouparmelhor.com/teorias/e-se-o-preco-do-barril-de-petroleo-fosse-a-0/

  7. J Lemos says:

    Claro que, com uma empresa que actua com o beneplácito (leia-se apoio) dos governos, é muito difícil, já que é por essa via, que as vultuosas receitas de IVA, se reflectem no preço final…, assim, o honus vai sempre para o Zézito que não devia ter carro, devia andar de burro, em vez de ser o dito…
    Como a “classe média”, sempre aspira ter um pouco mais…, é a tentação de qualquer governo, ir buscar aos de sempre, para encher os bolsos dos “internos” do sistema…


  8. Todos achamos isso; só que com entidades reguladoras, que pelos vistos a unica função é alargar o mercado de trabalho de qualidade salarial acima da média, os nossos lamentos ficam a pairar no ar.

  9. Sergio says:

    Ora entao ….. O imposto sobre combustiveis É de 62% na gasolina e 51% no gasoleo. Ora se temos 7,3 milhoes de viaturas civís a circular nas estradas portuguesas com um gasto medio de 6€ diario por individo, vamos a contas. 6×7.3= 43.8 milhoes . Ora se metade é imposto, = 21.9 milhoes de euros que entra diariamente para o governo somente em combustiveis ! 22 milhoes diarios. sabem fazer contas???? Tabaco… 3 milhoes de fumadores, 4€ por pack=12 milhoes . Dado que o imposto sobre o tabaco É de 70%, Sao mais 8.4 milhoes por dia…….. POR DIA

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.