Maria de Belém perde, com mau fígado

Um porta voz da candidata de Maria de Belém acabou de falar. Evocou, indirectamente, o caso das subvenções para justificar o mau resultado. No entanto, ao fim da primeira semana de campanha, antes do caso vir a público, já se antecipava o mau resultado que a candidata poderia vir a ter (cerca de 8%). Depois do caso das subvenções, piorou. Não só porque é mortal alguém ter-se mexido em luta pelos seus direitos, tendo ficado caladinha quando direitos de outros já tinha sido cortados, mas também porque a campanha que fez foi, desde o primeiro momento, um vazio. Vamos lá ver se o Tino não lhe passa a perna.

Comments

  1. Manuel Lopes says:

    E foi esta senhora que, com a sua meia dúzia de votos, ao que parece, fez com que estas eleições não passassem à segunda volta. Vá receber lá a suas subvenções pelo que fez (?) pela causa pública, com o amén dos impostos de todos nós , e vá para casa cozer meias, que não merece mais que isso.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.