Presidenciais (3): os resultados nacionais

presidenciais

As urnas fecharam há 24h.

Marcelo ganhou e Portugal perdeu uma oportunidade, mas, sobre isso, nada mais acrescento.

Quanto aos resultados, algumas ideias, tipo comentador da tb & e rádio pirata:

  • Marcelo, fugindo de Passos e de Portas ganhou. É, fundamentalmente, uma vitória individual, mas que foi sentida pela direita, como um vitória. Percebo o sentimento;
  • António Nóvoa: mais de um milhão de votos para um Homem que tem de continuar ao serviço do país;
  • Marisa: fez uma excelente campanha, capitalizou o voto próximo do BE e acaba por estar no lote das que ganha. O comentário de Jerónimo de Sousa deu ainda maior dimensão à vitória de Marisa.
  • Tino: sempre disse que ele seria o vencedor entre os “pequenos”. Era notória a adesão de pessoas de outras áreas ao voto de protesto via Tino. É um homem que admiro, com coragem e que não é tão burro como alguma opinião publicada fazia crer. É um homem de trabalho que passou esta prova com distinção.

Do lado dos que perdem, não perco mais do que uma linha com a incapacidade de Paulo DE Morais em dizer mais do que uma letra, quando a vida é feita de tantos alfabetos. E, dos outros três tristes, zero.

Quanto a Maria de Belém, importa dizer que foi uma candidatura pensada num almoço não concretizado na Mealhada e que se confirmou ser aquilo que sempre foi: nada! Não gostei do papel que Maria de Belém desempenhou e acho que não acrescentou nada, nem ao PS, quando mais à esquerda. Coloco-a do lado dos que perdem, considerando que não se sentirá feliz pela vitória da direita, mas …

A palavra final para o desastre do PC – Edgar Silva teve um resultado miserável e o comentário baixinho de Jerónimo de Sousa merecia um insulto público, mas o post pode ser lido por menores e vou por isso evitar passar a escrito o que merecia um comentário tão pobre de uma mente tão conservadora. Fico expectante por perceber o que vai dizer o MDM sobre o assunto.

Só espero que o péssimo resultado dos comunistas não os façam ir para a rua lutar contra o Governo de António Costa só para afirmarem a sua força. A rua pela rua não favorece a luta sindical, muito menos, ajuda quem trabalha. Entendam que o presente político, em Portugal, precisa do entendimento das Esquerdas e para isso ser possível, todos temos de fazer a nossa parte.

E, é isto – daqui a 5 anos há mais.

Comments

  1. Paulo Vieira da Silva says:

    Estimado João Paulo,

    Eu sou militante do PSD e escrevi ainda hoje durante a manhã que a vitoria de Marcelo Rebelo de Sousa é pessoal sublinhando o seguinte:

    ” dirigentes do PSD passaram a noite a querer fazer destas eleições presidenciais uma segunda volta das eleições legislativas. E estão completamente enganados. Marcelo Rebelo de Sousa é o presidente da República, desde o 25 de Abril de 1974, que menos deve a sua eleição aos partidos políticos. ”

    E não sou o único, por isso, nem toda a direita pensa da forma mesma forma. As generalizações são sempre perigosas. Graças a Deus há pessoas lúcidas no PSD.

    Um abraço.

    Paulo Vieira da Silva

  2. A.Silva says:

    Mas qual comentário do Jerónimo de Sousa?

    A MENTIRA, cozinhada a partir da grosseira deturpação das declarações de Jerónimo, propagada pelo Expresso, jornal que não perde uma oportunidade de mostrar o quanto ódio tem pelos comunistas?

    Depois há uns idiotas úteis à direita, cheios de preconceitos, que estão sempre prontos a replicar qualquer aldrabice desde que seja anticomunista.

    Sr João Paulo, não seja aldrabão nem caluniador, nem IDIOTA!


    • Bom, há sempre uma sensação agradável em mim, quando um comentador trás os espelhos lá do comité para a caixa de comentários. Mas, mesmo fazendo tábua rasa dos insultos típicos de quem não sabe mais, permita-me que o encaminhe para um vídeo onde se pode ouvir as declarações do seu camarada: https://www.youtube.com/watch?v=yBpwF57MWOI.

      Mas, como diz o seu líder, a luta continua camarada

      • A.Silva says:

        Mas ó seu caluniadorzinho de trazer por casa, é capaz de me dizer onde o comentário do Jerónimo é “baixinho”?

        Baixinha e reles posição preconceituosa, é a sua, ao repetir uma MENTIRA do Expresso.

        Diga então qual a parte da opinião de Jerónimo que é “baixinha”.

        Ou é daqueles “moralistas” que acha que uma televisão com 50% de audiência pode vender um Presidente como quem vende um sabonete, basta arranjar um candidato ou candidata engraçadinho?


        • E o comentador continua a comentar. Mas, se me permite, coloco a coisa ao contrário: foi ouvir o vídeo? Subscreve o comentário do seu líder? Se sim, perfeito. Temos uma análise diferente sobre a vida política. E do papel da Mulher na vida política. Porque, para mim, a Marisa tem tanto direito a estar na vida política como a Odete Santos ou como a Rita Rato, ou não?

          • A.Silva says:

            Mas olhe lá, você sabe ouvir? sabe português ao menos? ou apenas emprenha pelos ouvidos e repete uma aldrabice qualquer que venha no Expresso e que seja (como é normal nesse jornal) anticomunista?

            Mas onde é que nas declarações de Jerónimo há algum ataque à Marisa???

            Enxergue-se homem e seja honesto!


          • Bom, já sou homem, a caminho de poder ser honesto. Mas olhe lá, sabe ler? A pergunta é simples: subscreve a opinião do seu líder? Eu não subscrevo.

          • A.Silva says:

            Vá lá, faça lá um esforçozinho e das declarações de Jerónimo diga-me qual é a parte em que ele ataca a Marisa, ou você não tem capacidade para mais do que repetir uma MENTIRA propagada pelo Expresso?

            Ou seja, pelos vistos é você quem subscreve a mentira do Expresso.

            Se se percebe a mentira do Expresso por ser um jornal que está ao serviço dos oligarcas e poderosos deste país, ou seja da direita, já pessoas que se dizem de esquerda repetirem esta mentira, demonstra no minimo desonestidade intelectual.


          • Camarada, ficou clara a sua posição.

        • A.Silva says:

          Confere, afinal o joão paulo é só um reaccionário intriguista!

          • Carolina says:

            Interessante é indagar quem são, que filiação partidária/simpatia partidária, têm os delatores.