Feliz dia zero pós-Cavaco

Ano Zero

Continuamos a mantê-lo mas à partida deixa de mandar. Podia ser pior.

Inspiração para a imagem@blogue Tripalium

Comments

  1. Carvalho says:

    A Múmia nunca fez nenhum golpe de Estado, é bom lembrar.
    Se ocupou os cargos que NUNCA devia ter ocupado, foi porque milhares de imbecis votaram nele. Várias vezes.
    E esses imbecis ainda andam aí, nas ruas, nos lugares de trabalho, ao nosso lado. E isso é assustador.

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Mantê-lo faz parte do modo de ser mazoquista do povo português. Pois lá vai ter que ser…

    • J.Ribeiro says:

      Ou seja, gostam de levar na pandeireta. Estão no seu direito. Mas o que sei eu disso? Nada. Não passo de um malcriado. Deixo, portanto, a palavra a quem sabe da poda.

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        O Sr. é teimoso.
        Persistência é louvável, teimosia é outra coisa..
        Mude de disco. Centre-se no objectivo que é post e deixe de proceder como um PIDE atrás de uma pessoa.
        Que carraça !!!

        • J.Ribeiro says:

          Já reparou que o meu direito de por aqui andar e comentar é exactamente igual ao seu?
          Talvez seja você que me persegue, seu pidezinho de trazer por casa.

          • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

            Mas alguém pretende tirar-lhe direitos?
            O Sr. sabe ler e interpretar o que se escreve?
            Faça um esforço, ao menos, um pequenino esforço.

  3. Carvalho says:

    Voltando à Múmia:

    “OBRIGADA”?
    A Múmia disse ontem, quando foi condecorada,
    “É o fim de um ciclo. Agora vou descansar. Obrigada”.
    Obrigada?
    A Múmia nunca aprendeu que um homem diz “obrigado” e não “obrigada”, termo reservado às senhoras? Nunca ninguém lhe explicou?
    Quando digo obrigado, não passa de uma abreviatura de “Fico obrigado (ou devedor) a retribuir o seu favor ou amabilidade”. Ou seja, tenho uma obrigação para consigo.
    Um homem fica obrigado. Uma senhora e a Múmia ficam obrigadas.
    E NÓS FICÁMOS MUITO MAL SERVIDOS NESTES ANOS TODOS QUE ESTA BESTA POR AQUI ANDOU A POLUIR…

    • Ana A. says:

      Subscrevo a sua opinião e ainda deixo um reparo:
      Obrigado, teria ele que dizer no acto de posse, e na despedida só tinha que nos pedir Perdão!

    • mdlsds says:

      Limitou-se a repetir o que a Maria lhe havia dito para repetir. Sendo ela mulher, usou bem o termo. Enfim… que vá pela sombra.