Grandes temas caídos em esquecimento


ppcmac

Não, não vos vos falar dos Panama Papers. Esse, apesar de já pouco se falar sobre ele, ainda vai dando o ar da sua graça, entre misteriosos suspeitos e sacos azuis com políticos e jornalistas corruptos à mistura. Há suspense, intriga e tensão. Só não acontece nada mas também ninguém esperava que acontecesse. Ainda assim uma boa novela.

Não obstante, com as objectivas viradas para a geringonça e para a alegada tensão entre os parceiros que a compõem, alguns temas foram caindo no esquecimento sem que se tenha voltado a falar neles. Alguém viu por aí o incorruptível parceiro de Passos Coelho que dá pelo nome de Miguel Macedo e que andava a ser investigado no âmbito dos Vistos Gold, tendo mesmo sido acusado pelo Ministério Público dos crimes de prevaricação e tráfico de influências? Da última vez que ouvi falar no senhor, e já lá vão largos meses, constou-se que o ex-ministro tentou “influenciar” alguns ex-colegas de governo para fazer uns fretes a um amigo e ex-sócio, com evasão fiscal e helicópteros Kamov à mistura. Desde aí nada. Será que se evaporou?

Outro que tem andado desaparecido é Miguel Relvas. Alguém me sabe dizer como ficou aquele episódio do Banco Efisa? Da última vez que vi a imprensa interessada no eminente académico, já depois da compra do Efisa com direito a 90 milhões de euros de bónus com o alto patrocínio da malta que vive acima das suas possibilidades, parece que os amigos do ex-ministro e patrocinador de formações do ex-primeiro andavam a pressionar deputados que aparentemente falam demais. Alguém o viu por aí?

Recuando um pouco mais, como andará a investigação ao caso Tecnoforma? O Organismo Europeu de Luta Antifraude não andava em cima da rede de ex-jotas? E os “homens de mão” de Marco António Costa, a Webrand e a ruína da CM de Gaia? Em águas de bacalhau? Terá o Big Mac desaparecido novamente como fez durante a campanha das Legislativas, para ressuscitar ao 3º minuto conforme as escrituras? Já agora, os documentos dos submarinos que desapareceram? Já alguém os encontrou? Ou terão tido o mesmo destino que os documentos sobre contractos swap que Maria Luís Albuquerque mandou destruir?

É de lamentar que a nossa imprensa deixa estes temas cair no esquecimento. Tanta geringonça legal para esmiuçar e só dá Sócrates e ameaças soviéticas. Ainda bem que a imprensa é toda de esquerda. Imaginem o que seria se fosse de direita.

Foto@Um jeito manso

Comments

  1. Rui Silva says:

    Penso que há espaço para que a esquerda verdadeira se chegue à frente e faça um jornal.
    Avancem , terão o meu apoio moral claro.

    Rui Silva

    • Está a sugerir a criação do Observador de esquerda Rui? A esquerda não é lá grande coisa a captar investimentos condenados ao prejuízo para satisfazer pulsões ideológicas.

    • Helder P. says:

      Temos o Avante! que tem uma grande mais-valia face ao Observador, é honesto e diz ao que vem, a agenda que serve é cristalina e não se tenta fazer passar por aquilo que não é: imprensa imparcial e não-partidária financiados por grupos de interesse opacos.

      • Rui Silva says:

        Caro Hélder,
        Concordo consigo, o Avante sempre foi um bom jornal de esquerda. Esse facto que concordamos, tira todo o sentido ao post.
        O post, parece ser um lamento, pelo facto das pessoas serem enganadas pela imprensa tendenciosa , e não terem alternativas de imprensa que não seja de direita.
        Ou seja, se as pessoas tivessem a possibilidade de acesso a uma melhor imprensa , iriam preferi-la .
        Uma vez que essa imprensa existe (Avante) , porque é que não a preferem ?
        Será que a opinião das pessoas não coincide com a opinião politicamente correcta de esquerda ? Será que é necessário uma imprensa que eduque as massas , para que aprendam o que é a boa imprensa?

        Rui SIlva

        • Claro Rui Silva, porque o Avante! é exactamente a mesma coisa que o Expresso ou o DN. Já agora, o Povo Livre também é considerado imprensa? Enfim…

          • Rui Silva says:

            Qualquer jornal pode ser como o Expresso ou DN ou ainda maiore, para isso, basta que as pessoas queiram…Ou há aí também uma teoria da conspiração ?

            Rui Silva

          • Conspiração? Nada disso. Mas parece-me estúpido comparar um jornal com um orgão de comunicação de um partido. Mas se para si são uma e a mesma coisa estamos conversados.

          • Rui Silva says:

            Não fui eu que comparei. Mete-se na conversa sem ler os comentários , é no que dá…

            Rui SIlva

        • José Peralta says:

          Rui Silva

          Sempre a surpreender-me com o seu sentido de humor ! Obrigado !
          Então esse “elogio” ao Avante, não sei porquê, mas vindo de si…

    • É como diz o João Mendes: a publicidade é paga pelas grandes empresas, pelo “big corporate money”, e é basicamente isso. Os media para se sustentarem no mundo actual não podem ter muita opinião para além da dos seus donos. Há milhões de motivos porque os media são, e continuarão a ser, todos subservientes à mesma classe ou aos mesmos interesses de mercado. Onde escrevi ‘motivos’, pode-se ler €..
      Quem é que está interessado em meter dinheiro em informação séria, isto é informação que queira investigar e debater os movimentos do grande capital, ou a sua origem; informação consciente, que queira verdadeiramente discutir ou denunciar o peso da grande indústria farmacêutica, da indústria das energias fósseis, ou dos gigantes agroquimicos e alimentares nas políticas dos governos; essencialmente discutir quem paga o quê a quem (isto é, quem são os reais donos dos políticos — que obviamente, qualquer burro percebe, não são os eleitores); investigar seriamente outros tratados de comércio (para além do famigerado TTIP) que estejam a acontecer ou a ser negociados neste momento fora dos escrutínios das populações, etc etc etc etc etc…?

  2. Ironia says:

    Governo já nomeou 273 dirigentes sem concurso – Público

    • adeus passos says:

      giro, ironia. pena ser mais uma manipulação. difundem esse título, devidamente instruídos pela central de informação PaFiosa.

      mas depois lemos o conteúdo. e vemos que desses 273, muitos eram lugares que estavam vagos e de chefias intermédias. e que a maior parte é provisória, em regime de substituição.

      espreme-se tudo e sobra isto: 30 lugares de alto dirigente, sendo que em metade dos casos já começou o procedimento para se realizar o concurso.

      sobra muito pouco de mais um truque da imprensa PaFiosa.

      obviamente, o PS não é inocente. também faz nomeações políticas. mas pelo menos não distorçam os números. e já agora lembrar que esses dirigentes que saíram, foram colocados a martelo pela PaF, sendo o caso da segurança social e do CDS gritante. é que a PaF chegou a contrariar resultados de concursos.

      • Ironia says:

        Ok. Tudo é manipulação!

        … vagos …
        … intermédias …
        … provisória …
        … substituição …

        O facto é “Governo … nomeou … sem concurso”

        Para manipulação estamos conversados

        • adeus passos says:

          sim, é. desses 273 casos, a maioria será sujeita a concurso. ou os cargos ficariam vagos e sem trabalho até acabar o concurso? manipulação é colocar essas reticências a encobrir a realidade do que se passa.

    • Então ainda tem muito que andar para chegar aos 1097 nomeados pelo governo anterior nos primeiros 6 meses da sua existência. Pode ser que o Costa consiga nomear os 824 que faltam nas próximas 3 semanas.

      Já agora, a minha fonte também é o Público. Fica o link: https://www.publico.pt/politica/noticia/governo-fez-pelo-menos-1193-nomeacoes-1529198

    • José Peralta says:

      Ironia

      Então, agora, “ironize” com o link de João Mendes ?
      Ou perdeu a vontade ?

      E sobre as pertinentes interrogações constantes do post ?
      Também não quer “ironizar”, ou aos costumes “costumeiros”, passe a redundância, dos pafiosos, você diz…NADA ?

      Porquê ? É-lhe “doloroso” lembrar “coisas” que espera sejam esquecidas ?

  3. pyros says:

    Adicionar à wikipedia

  4. jorge m.s. f. says:

    A onde há liberdade de informação e é de esquerda ,são as redes sociais . é pura esquerda . a maioria manda , mas as minorias existem …

    • Nightwish says:

      Mandam numas e são caladas noutras. Há-de tudo nas redes sociais, o que é tão bom como mau. Ok, é mais bom porque a liberdade de dizer disparates é extremamente importante, seja de que lado se for.

  5. JgMenos says:

    A esquerda sempre se deu bem com temas inconclusivos.
    Só dá rápido fim aos temas que lhe descrevem as maleitas e a corrupção.
    Sócrates é sempre um ‘não assunto’- simples caso de justiça!
    Sobre tudo que há à volta dessa novela a situação é clara – ninguém soube, ninguém viu, ninguém ouviu.

    • Algumas dúvidas em relação ao que disse: Sócrates é um caso ignorado pela Justiça? Sócrates nunca esteve preso? Sócrates é um caso ignorado pelos media????
      Se a resposta é negativa a todas as três, então o seu comentário não tem nada rigososamente a ver com o post.

      A Direita precisa tanto do Sócrates que nunca o deixará cair no esquecimento, não se preocupe. Ele não é um ícone da esquerda nem nunca foi, mas parece que é um ícone para a Direita — que se até o assunto for “batatas”, eles de certeza que vão falar do Sócrates. (Ou falam em “Sócrates” ou então “Coreia do Norte” e “muro de Berlim” a propósito de coisa nenhuma — são palavras que surgem tipo reacções mecânicas, mas nunca se sabe a propósito de quê). Pode falar em todos os corruptos de outros governos passados, vivos ou mortos, ir até ao tempo do Alves dos Reis se quiser, mas não sei se se lembra o post denunciava precisamente a SELECTIVIDADE política dos media..

  6. adeus passos says:

    sócrates é de esquerda? da escola do PSD/JSD sabemos que é. calhou que o objectivo dele de ascensão na carreira passou pelo PS. pouco tem a ver com dualidade esquerda / direita.

  7. Anti-pafioso says:

    a isto eu considero liberdade de MANIPULAÇÃO.

Trackbacks

  1. […] hoje uma semana, escrevi sobre alguns dos grandes temas caídos em esquecimento que a nossa imprensa, implacável com Sócrates e com a ocasional ameaça soviética que arrasta o nosso país para o […]

  2. […] do artista Silvestre Pestana é de elevado valor, mas há outra Tecnoforma que está tristemente caída no esquecimento e que também requer a nossa atenção. Ainda que a arte, sem sombra de dúvida, mereça mais […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s