Golpe de tudo… ou nada


erdogan-facetime
Marco Faria

Na Turquia, o Presidente Erdogan teve um golpe de mestre – esse sim, o golpe de génio – ao falar ao povo, através do FaceTime, à CNN Türk. É o primeiro golpe de Estado, que me lembro, travado pelo iPhone. Nem Steve Jobs imaginaria o poder da sua “arma” de comunicação, capaz de barrar tanques (Maria da Fonte bem tentou com uma enxada pôr na ordem Costa Cabral, mas não conseguiu). Bastou Erdogan exortar a população para ir para as ruas travar o grupo de militares revoltosos e todos os comentadores portugueses na manhã seguinte já estariam a comer Nestum Mel com as “baboseiras” proferidas a quente na véspera. Que a polícia nunca teria meios para manietar os militares; que os militares são sempre mais fortes que os civis; que os militares em todo o mundo ou são respeitados ou dá bronca; que a Turquia caminhava para uma guerra civil…
Um helicóptero, um caça e meia dúzia de tanques a bloquear a Ponte do Bósforo em Istambul não chegam para mudar o rumo político-constitucional de um estado gigante. Pelo meio, os “comentólogos” diziam que Recep Tayip Erdogan teria tentado viajar para a Alemanha (com a recusa de Berlim) ou aterrado em Teerão. A diplomacia internacional esteve desta vez muito prudente e esperou por resultados, não fosse apoiar os derrotados (as diplomacias são como aquele emplastro, só querem aparecer na fotografia nos momentos de glória e do lado dos vencedores).
Outra curiosidade: Erdogan estava de férias em Marmaris, no Sul da Turquia, o que prova que os militares seguiram o manual – aproveitar o momento em que os líderes estão de férias a ler Tolstoi e a beber sumos naturais frescos.

[Fica para mais tarde a deriva perigosa que a Turquia tem conhecido. Este pode ter sido apenas o primeiro momento. Lamentável a perda de vítimas e a purga que se lhe está a seguir. ]

Comments

  1. Ana A. says:

    Golpe de estado ou golpe de teatro?!

  2. anónimo says:

    Esta besta é o aliado da União Europeia e dos EUA

    por José Goulão
    http://www.jornaltornado.pt/presente-deus-erdogan/
    por Carlos Fino
    http://www.jornaltornado.pt/o-golpe-de-erdogan/

  3. E no meio da purga em curso o processo de adesão da Turquia à UE continua em aberto sem que nada se altere. Viva a Europa dos valores.

  4. Pimba says:

    O Marco Faria é Erdoganete?
    Um golpe de Estado sem fechar os canais de comunicac,äo… vejam o que foi tomado de início no 25 de Abril, e comparem.
    Só näo vê quem näo quer que o “golpe” foi encomendado pelo futuro Recep I, próximo califa de Istanbul!
    Até a lista dos “golpistas” já estava preprada! Ui que visionário!

Trackbacks

  1. […] “Na Turquia, o Presidente Erdogan teve um golpe de mestre – esse sim, o golpe de génio – ao falar ao povo, através do FaceTime, à CNN Türk. É o primeiro golpe de Estado, que me lembro, travado pelo iPhone. Nem Steve Jobs imaginaria o poder da sua “arma” de comunicação, capaz de barrar tanques (Maria da Fonte bem tentou com uma enxada pôr na ordem Costa Cabral, mas não conseguiu). Bastou Erdogan exortar a população para ir para as ruas travar o grupo de militares revoltosos e todos os comentadores portugueses na manhã seguinte já estariam a comer Nestum Mel com as “baboseiras” proferidas a quente na véspera. Que a polícia nunca teria meios para manietar os militares; que os militares são sempre mais fortes que os civis; que os militares em todo o mundo ou são respeitados ou dá bronca; que a Turquia caminhava para uma guerra civil … Um helicóptero, um caça e meia dúzia de tanques a bloquear a Ponte do Bósforo em Istambul não chegam para mudar o rumo político-constitucional de um estado gigante.” mais no blogue Aventar neste link […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s