Ajustes directos à lupa – Maia


ajustes directos à lupa - maia

O Aventar aterrou hoje na Maia, o concelho onde se localiza o Aeroporto Internacional do Porto e conhecida pelo seu slogan “Sorria, Está na Maia”. Falta saber se pode ser adaptado a “Ajuste, Está na Maia”. Ora, segundo o portal “base.Gov” o valor global de ajustes directos do Município da Maia em pouco ultrapassa os 99 milhões de euros, um valor baixo tendo em conta o que temos encontrado por esse país fora para territórios desta dimensão.

No que concerne ao nosso trabalho, sem contar com as várias empresas municipais, na Maia foram ajustados mais de 2 milhões de euros em publicidade, marketing, comunicação, festas e festinhas, etc. Este sim, um valor significativo e percentualmente dos mais altos até agora analisados.

Neste âmbito existem alguns pontos que se destacam. Desde logo a Global Notícias (JN, DN, TSF, O Jogo) com um valor superior a €90.000 nestes três anos assim como um valor ligeiramente superior em ajustes directos em Assessoria de Imprensa e já para não falar nos gastos em iluminações de Natal (sempre à mesma empresa, a Castros) com uma evolução muito particular, vejamos: cerca de nove mil euros no Natal de 2013 (já depois das eleições), €13.500 em 2014 e depois foi sempre a subir em grande com 40 mil euros em 2015 e agora, neste último natal antes de eleições com €67.000. Ainda neste ano de 2016 destacam-se os mais de €40.000 para uma revista municipal e mais de €46.000 para um informail municipal.

Para o fim deixamos o mais surpreendente: a Câmara Municipal adjudicou por ajuste directo no valor de €56.160 serviços à empresa denominada “Jornal da Trofa, Lda”. O Aventar não conseguiu saber a que jornal da Trofa se refere este ajuste uma vez que na Trofa, pelas informações obtidas, existem dois jornais, um chamado “Notícias da Trofa” e outro chamado “Correio da Trofa”. É caso para perguntar que raio de ajuste é este e por semelhante valor?

E assim anda o nosso dinheiro…

Resposta do Município da Maia

Até à publicação deste post, a Câmara Municipal da Maia não respondeu a este post. Se o fizer, actualizaremos o seu conteúdo.
Explicação do projecto: Ajustes directos à lupa
Contributos dos leitores: aventar.blogue@gmail.com ou formulário de contacto

Comments

  1. Paulo Só says:

    Seria bom investigar a questão do Fernando Seara em Sintra. Ele foi absolvido e ninguém foi declarado culpado. Não sei como depois disso é possível ainda que alguém respeite a justiça deste país. É uma justiça positivamente de palhaços.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s