Não percebeu a ideia? Não faz mal, passamos outra vez!


Sim, aconteceu ontem. Sim, aconteceu na RTP. Confirmem nas vossas boxes de tv cabo. Os que tiverem uma. Sim, a RTP voltou a passar o mesmo episódio d´ O Apocalipse de Estaline que tinha passado na semana passada. E alguém ainda teve o descaramento de modificar a sequência dos episódios no site. Assim, o episódio que passou no passado dia 6, aparece no site da televisão pública como exibido no dia 13. A prova de tal facto? Se o programa é semanal e é apresentado de forma exaustiva com um spot que o anuncia como um dos programas de proa da estação para esta época do ano, não faria o mínimo sentido provocar um hiato de uma semana na exibição do mesmo.

Erro de televisão? Não creio. Uma autêntica vergonha, patrocinada com o dinheiro dos contribuintes, com propósitos políticos altamente vincados que visam executar a propaganda que a direita quer que a RTP execute.

Comments

  1. Caro João Branco,
    Mas exactamente qual é o problema em que se saiba que Estaline era um monstro? Mesmo admitindo que se trata de um acto voluntário, o que infelizmente duvido, dada a história recente acho que todos precisamos de lições sobre monstros qualquer que seja a sua aparente cor politica … É que precisamos de lhes reconhecer os traços … O arquétipo de Estaline é tão bom como outro qualquer para o efeito. Excelente serviço público de televisão portanto.

    • A.Silva says:

      Fernando Vasconcelos, podes crer que nem com a repetição de execráveis emissões na RTP de séries nauseabundas e pestilentas, boas para atrasados mentais, conseguem alterar a história e transformar Estalin, um libertador da humanidade, no miserável ser, que tem a forma daqueles que o tentam detractar.

    • Quanto a esse respeito não existe problema nenhum 🙂 Estaline foi efectivamente um monstro que mandou matar 50 milhões de pessoas, grande parte nos crimes de genocídio étnico que foram praticados em diversos territórios da antiga União Soviética. A História está lá e não pode ser ocultada de forma alguma. Não se pode ocultar os extermínios em massa, a ideologia cega, as gulags e os assassinatos dos adversários políticos. Assim como também não pode ser ocultada a grande vitória sobre Hitler às portas de Moscovo. Se os Soviéticos não tivessem resistido às portas de Moscovo, o desfecho da 2ª Guerra Mundial e da segunda metade do século XX seria bem diferente. Isto porque a resistência soviética obrigou Hitler a empregar na frente russa os melhores recursos que dispunha nos seus exércitos. A partir do momento em que os russos começaram a reconquista de território e empurraram os alemães para o seu território, deram-se todas as condições para a abertura da 2ª frente e os alemães perderam por completo a ambição de invadir a Inglaterra. O que deu um jeitaço a Churchill. Esse facto levou Estaline a ter o primeiro-ministro inglês nas palminhas das mãos.

      O que me leva a crer é que a RTP voltou a passar o episódio neste timing de forma propositada para tentar fazer uma colagem do Estalinismo ao PCP. Todos sabemos que os primeiros líderes do Partido Comunista Português foram formados na escola estalinista. Sim, homens como Pavel ou Bento Gonçalves estiveram nesse tempo no seio do regime soviético. Contudo, por mais que alguns queiram atirar areia para os olhos, a partir de Cunhal, o Partido revolucionou a sua visão sobre o estalinismo, repudiando-o actualmente por completo.

      • A.Silva says:

        Voltamos aos “factos alternativos”, que já o hitler utilizava, aliás é da sua propaganda que vêm os muitos milhões que o João Branco replica.
        Pois é Estalin matou 50 milhões, os nazis 22 milhões, só que isso não bate certo com os censos da população soviética antes e depois de Estalin, mas isso são pormenores que mentes formatadas por décadas de “factos alternativos” nem põem em questão.

        Estalin pode ter muita coisa a criticar, mas esta aldrabice dos milhões só serve para separar quem tem uma visão critica da história e analisa a personagem no seu tempo e quem papa tudo sem o mínimo sentido critico, mesmo que seja coisas inventadas por Goebbels.

  2. José Peralta says:

    A.Silva

    ” (…)nem com a repetição de execráveis emissões na RTP de séries nauseabundas e pestilentas, boas para atrasados mentais, conseguem alterar a história e transformar Estalin, um libertador da humanidade, no miserável ser, que tem a forma daqueles que o tentam detractar”.

    “Execráveis emissões nauseabundas e pestilentas para atrasados mentais” ?

    Parece-me que é uma pessoa “muito à frente”, não só nas “ideias de 1917” ! Vejo que até já tem um televisor com “cheiro” !

    “Felizmente” que há entre nós, tipos como o A.Silva, que de atrasado mental não tem nada…e, por isso tem o topete de assim “designar” os seus concidadãos…os que não são da sua douta opinião, é claro !

    Tipos a quem outros tipos como o j.e. santos, de Angola, até “cheiram a rosas”…
    No post de João Mendes em 15/12/2016 “ONTEM SENTI-ME REPRESENTADO NO PARLAMENTO”, a propósito de um artigo de Isabel Moreira sobre Luaty Beirão respondia eu, o “colonialista ressaibiado” e também, pelos vistos o “atrasado mental” que não consegue “compreender e muito menos apreciar” os “libertadores da Humanidade”, ao A.Silva, em 15/12/2016 :

    A.Silva
    Vê-se à légua, a “bandeirinha” que tráz na lapela ! (Que não é a “mesma” do aldrabão-mór !).

    E, sobre este caso, (Angola e Luaty) qual cana rachada, vem aqui dizer sempre a mesma coisa !

    Vá lá, diga-nos que Angola, à semelhança da Coreia do Norte, é uma “democracia” !

    Diga-nos que o Povo angolano não morre à fome ! E que a inefável multimilionária “zabelinha dos santos”, não faz campanhas hipócritas no seu FB, para que os Angolanos a morrer de fome, façam doações aos hospitais, para eles poderem comprar desde vacinas contra a malária, a compressas, a penicilina, a soros dos mais diversos, ao simples paracetamol, a todo o material de assepsia de que estão exauridos !

    E já agora, de caminho, A. Silva, negue a exponencial mortalidade infantil, a trágica miséria, as condições de insalubridade propagadoras de doenças, enquanto uma clique governamental corrupta se banqueteia no luxo e no champanhe !

    E diga-nos que a culpa é do Luaty , do Soros…e do Departamento de Estado Americano !

    A.Silva says:
    15/12/2016 às 18:14

    A demência é isto: “os Angolanos a morrer à fome”, vá-se catar mais as suas aldrabices, ò colonialista ressabiado!

    José Peralta says:
    16/12/2016 às 01:00

    A.Silva

    Está bem ! Então eu não digo que os Angolanos morrem à fome !
    Então eu não digo que a multimilionária “sabelinha dos santos” que bem podia doar um ou dois milhões de dólares para resolver as carências de um hospital pediátrico, faz um apelo hipócrita no FB, para que sejam os angolanos “que não estão a morrer à fome” a fazer doações !

    Então eu não falo na exponencial mortalidade infantil, a trágica miséria em que vive o Povo Angolano, as condições de insalubridade e higiene propagadoras de doenças, enquanto uma clique governamental corrupta se banqueteia no luxo e no champanhe !

    E também não digo que o A.Silva tem na lapela uma “bandeirinha anticolonialista” que se vê à légua, e sabe-se muito bem qual é !

    É aquela que, quando quer tapar a cabeça para não ver, destapa os pés…

    …e vice-versa !

    E só mais uma “coisinha”, ó A.Silva ! ESTA :
    http://www.redeangola.info/isabel-dos-santos-pede-doacoes-para-hospital-pediatrico/

    José Peralta says:
    16/12/2016 às 01:14
    A.Silva

    E mais ESTA :

    Depois deste comentário : “Ironia
    O pedido partilhado por Isabel dos Santos provocou não apenas a divulgação da situação, mas também trouxe alguns comentários irónicos à sua conta no Instagram.

    “Se ao menos houvesse uma multimilionária que lesse este pedido… Eram menos umas garrafas numa festa e ficava resolvido”, comentou um seguidor de Isabel dos Santos”, está um espaço cinzento com a indicação “conteúdo indisponível”, mas que eu ainda vi, anteriormente !

    Sabe o que era esse espaço, antes de ser censurado, A. Silva ? Era o “fac-simile” do FB da “sabelinha” onde ela, hipócrita, pedia as doações “aos Angolanos que não estão a morrer à fome”…

    Como se vê, os A.Silva de 1917, não aprendem nada com os erros da História…

    • A.Silva says:

      José Peralta, pelos vistos tem um certo jeitinho para profissões de futuro, como numa qualquer próxima PIDE, tem mais comentários meus registados??

      Mas o que é que isto tem a ver com o assunto em questão??

      Tou a ver que você é daqueles reaccionários reles que funcionam na base da estigmatização;
      Os meios de propaganda como a SIC, RTP, TVI, como é exemplo disso este post, repetem até à exaustão, em noticiários, em programas do mais diverso género, as mesmas mentiras sobre Angola, Sobre Estaline, e ai de quem disser o contrário, é liminarmente proscrito e um dia destes preso.

      Sabe uma coisa peraltinha, gente como você estou eu farta de aturar, é gente que já em 1917 cheiravam a enxofre, quanto mais agora.

      • José Peralta says:

        A. Silva

        Não é a “próxima pide”, A.Silva, é a actual ! Aquela de que o aldrabão-mór coelho (tão diferentes mas…tão iguais…) também se “esquece” que existe !

        Vá ao Google, escreva josé eduardo dos santos-Aventar e estão lá todas as suas fanfarronices “revolucionárias” !

        Quer falar de estigmatização ? A estigmatização, sofreram-na os comunistas que, nos anos de chumbo, sofreram longos anos de perseguição, de prisão, de tortura, de clandestinidade, os quais, depois do 25 de Abril, porque acharam que era tempo de o partido se renovar nas mentalidades e se afastar das bíblias e dogmas da vulgata velha e relha de 1917, tiveram a coragem de o dizer em voz alta no “partido com paredes de vidro” mas…”fôsco” ! Esses sim, foram estigmatizados, “despejados” pelos caciques, muitos dos quais, porventura da ” nova colheita de 74″, da prisão, da luta, da tortura, da clandestinidade, nunca sentiram nem o cheiro !

        E sobre esses estigmatizados, o que dizem os caciques (que ainda os há…) como a A.Silva ?

        Que foram divisionistas, traidores, etc. todo um cortejo de acusadores, agora “refastelados” na Democracia, essa Democracia porque esses heróis do Passado lutaram e sofreram, mas que o PCP, quis subverter com a aventura que poderia ter sido trágica do PREC, porque se achavam “donos” do MFA e da Revolução.

        Deixe-se de frases feitas sobre Angola, sobre a União Soviética, sobre Estaline ! “Dispa-se” dessa mentalidade formatada em porMaiores de “factos alternativos”, porque a realidade, a História não se compadece com a atitude de “tapar os olhos com as mãos para não vêr a fotografia”, se é que bem me entende !

        E com a devida vénia, reproduzo este parágrafo de João Branco, a que você, silvazinha, que reagiu ao post inicial , “exultando de contentamento”, a este limitou-se à vulgaridade estrebuchante das “décadas de formatação” de que você, silvazinha, é um exemplo acabado, mas pelos vistos…nem dá por isso ! :

        “Estaline foi efectivamente um monstro que mandou matar 50 milhões de pessoas, grande parte nos crimes de genocídio étnico que foram praticados em diversos territórios da antiga União Soviética. A História está lá e não pode ser ocultada de forma alguma. Não se pode ocultar os extermínios em massa, a ideologia cega, as gulags e os assassinatos dos adversários políticos”.

        Nem mais…silvazinha !

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s