Carlos Lopes fez 70 anos

Leituras

the euro

Como uma moeda comum ameaça o futuro da Europa.

O Benfica está indignado – IV

O Benfica está indignado – III

+Verdades | A diferença surreal no discurso de Pepa from +FCPorto on Vimeo.

Quando é que o Ministério Público entra em campo?

soares

O Fernando e o João  estão indignados com a resposta do Benfica  em relação ao jogo de ontem do Porto contra o Tondela. O Fernando e o João têm razão para estar indignados com o que se passou em alguns jogos do Porto na 1ª volta deste campeonato porque efectivamente ficaram alguns lances capitais por marcar que retiraram pontos ao Porto. No entanto, a partir do que se passou no passado dia 5 de Janeiro, é caso para fazer jus à Raínha Santa Isabel de Coimbra para dizer “São Rosas, senhor, São Rosas” e o gif do lance em epígrafe é um dos exemplos: como é possível transformar um puxão do Soares na camisola do defesa do tondela em penalty e amarelo e uma agressão do Soares ao mesmo jogador num segundo amarelo para o pobre Osorio? – [Read more…]

Ah! A indignação (porque hoje é sábado)

A vida é mesmo assim: o Benfica está à espera que os jogadores do [F.C.] Porto falhem.

— Rodolfo Reis, 12/2/2017

O meu erro marcou, eventualmente, o título nacional

— Proença, o peremptório

***

Fernando e João, espero que o lance decisivo do campeonato 2016/17 seja este excepcional cruzamento do André Horta, com espectacular golo do Lisandro.

Efectivamente:

Horta vai levantar, segundo poste… golooooooooooo! Benfica! Grita que é golo! Liiiiiiiiiiisandro! Goooooooooooooooooooooolo! Benfica! Lisandro López, nas alturas, a golpear da direita do ataque do Benfica, para o lado contrário. Casillas voou, mas a bola está no fundo das redes.

tenor
Siga. Abraços e um óptimo fim-de-semana.

Sobre a mais recente indignação no universo futebolístico português

O Benfica está indignado? O Porto também, Fernando. Acho que era de aproveitar a onda e exigir a abertura de uma comissão de inquérito para esclarecer esta pouca-vergonha.

P.S: As imagens/repetições que vi durante o jogo de ontem não foram conclusivas. Pelo menos no calor do jogo, que não as voltei a ver. Mas digo-o, sem grandes rodeios, que o penalti que deu origem ao primeiro golo do Porto me pareceu uma grande treta. Não obstante, quer-me parecer que, na presente temporada, ainda temos saldo positivo.

O Benfica está indignado – II

O escritor apressado que baniu um Prémio Nobel da Literatura

Rui Naldinho

Presidenciais: Cavaco, o genial feiticeiro

Escrever livros é coisa normal em políticos, mesmo “amadores”. Depois de abandonarem os cargos para os quais foram eleitos, após um período de nojo, alguns escrevem as suas memórias biográficas. Outros escrevem ensaios sobre o seu pensamento político e filosófico. Mas em ambos os casos há uma vida para contar, um conjunto de experiências ao serviço da comunidade para transmitir aos mais novos, um estudo para debater e criticar, algo que possamos considerar uma marca cultural do exercício do poder.

O que não é normal em democracia, é vermos um ex-presidente com um passado político no mínimo duvidoso, a escrever um livro que mais parece uma vingança pessoal ou um ajuste de contas com um ex-primeiro-ministro.

[Read more…]

Saudades do colinho

Nomear João Capela para a recepção ao FCP e para a deslocação a Alvalade certamente deixaria mais tranquilos os dirigentes encarnados, habituados a arbitragens limpinhas…

O Benfica está indignado.

https://media.giphy.com/media/Lu4zlPotXZf8I/giphy.gif

Ana Gomes, a corajosa e consequente

ana-gomes

Ao contrário de todos os outros eurodeputados do PS português, Ana Gomes votou no passado dia 15 contra o CETA (o acordo comercial UE-Canadá) no Parlamento Europeu. A única eurodeputada do PS com coragem e que arrisca uma posição que, essa sim, é socialista. Eis a sua fundamentação (no FB):

“Votei contra o CETA porque, primeiro, o Sistema de Tribunais de Investimento previsto contorna os sistemas judiciais estaduais através de tribunais privados de arbitragem que favorecem o setor privado contra o interesse público. [Read more…]

Anibal Cavaco Silva e os dias felizes

Cavaco e os dias felizes

O amor no ar.
Daqui: Manifesto 74.

Estratégia SMS

Sabotar Mário Senteno.

sms bomb

Sobre o BCE e não só…


Este vídeo exemplifica na perfeição as razões pela qual o BCE não deveria manipular juros e qual o papel que a Banca deveria desempenhar na economia. Podem achar que é utopia, mas a realidade é que chegámos ao estado actual das coisas, muito graças à obscuridade de negociatas entre governos,empresas instladas, bancos incluídos, principalmente os bancos centrais, servos do poder político, favorecimento de corporações…

Precariedade não se resume a salários baixos; precariedade é muito mais que salários baixos

Muitos dos trabalhadores com quem tenho dialogado nos últimos meses tem resumido o conceito de precariedade no mercado de trabalho a salários baixos. Os baixos salários são uma das características que ajudam a perceber o conceito em causa mas não o resumem: o conceito de precariedade vai para além dos ordenados baixos. O que não quer dizer que todos nós possamos diariamente pugnar por ordenados mais altos que os actuais. É o nosso dever e é também, não querendo entrar de maneira alguma pela teologia, a nossa salvação.

O conceito de precariedade no seu sentido lato é a “condição daquilo que é frágil, incerto ou pouco estável” – a fragilidade, incerteza ou estabilidade de alguns trabalhadores não são condições comensuráveis unicamente através dos baixos salários que se praticam no nosso país mas também de outras condicionantes impostas pelo sistema que tornam a posição destes fragilizadas. O actual direito do trabalho, as condições de saúde, higiene, ambiente e segurança no local de trabalho, as pressões que são feitas pelas entidades patronais para tornar o ritmo de produção insustentável e nocivo à saúde do trabalhador, a utilização de mão-de-obra temporária ou tarefeira e as questões relacionadas com o assédio sexual e moral, são outras das características que devem ser tomadas em conta para podermos descrever o conceito de precariedade.

[Read more…]

Hoje há missa no Jamor

Portugal vs Polónia – 2ª Jornada do Rugby Europe C, Campo de honra do Estádio Nacional do Jamor, 14h, transmissão na Sporttv.

Da Capela à Adega

Tudo começou na esplanada da “Capela Incomum” entre conversas e copos de vinho (o Evel Branco estava muito bom), o ponto de encontro para mais um jantar do Aventar onde o Porto foi repetente.

E que melhor sítio do que uma capela para redimir os “pecados de escrita” destes bloggers que teimam em continuar livres e fieis à blogosfera. Nestes tempos em que os blogues vão finando, o Aventar continua a resistir. A romaria seguiu para a Adega do Carregal, não sem antes um dos presentes exigir a presença de uma televisão para assistir ao FCPorto-Tondela. A que não faltou o tiro certeiro do nosso Lucky Luke – “E a federação não faz nada?”. Nada, não fez nada e a Adega não tinha a SportTV. Mesmo assim, ouviram-se juras à veracidade da grande penalidade.

Da posta ao bacalhau passando pelos rojões, não ficou pedra sobre pedra numa noite onde se discutiu Guimarães, Sabrosa, Viseu, Viriato, Fernão de Magalhães, Sócrates, Cavaco, Marcelo, Costa, Geringonça, Turismo, futebol, cinema, literatura e não se esqueceu as referências às viúvas, Galamba e ao Abrantes. Venha o próximo repasto.