Teodora

Teodora vá lá, vai-te embora
Teodora, não sejas assim
(tarará-ta-tchim!)
Teodora, tanta gente chora
Vai lá, Teodora
Não sejas ruiiiiiiiim!…

H´(azar)d?

Não. Há pura magia. O Chelsea de Antonio Conte cada vez mais perto do título. Arsène Wenger cada vez mais próximo da porta de saída.

Quem é esta gente?

A primeira notícia, da RTP, é total e premeditadamente falsa. As outras são todas verdadeiras.
Quem é esta gente que nos anda a informar?

news

Sintra resolve – a ver vamos.

sintra resolve

Há dias, juntamente com a conta da água, recebi um panfleto da parte da Câmara Municipal de Sintra, no qual Basílio Horta, presidente deste município, anuncia uma app chamada “Sintra Resolve”. Diz que, com a nossa ajuda, ajuda-os a resolver e que juntos podemos mais. Excelente. Que tal começar logo com a factura da água? Então as leituras de contador têm que ser feitas num dia exacto, uma vez por mês? Será que lá pela CMS as tecnologias da informação se ficaram pelo livro de reclamações e ainda não chegaram à facturação?

[Read more…]

Está tudo bem

Por vezes, penso que os consultórios médicos deveriam contar também com técnicos hipocondríacos. Chegaríamos com uma pontada no lado direito do abdómen, e ainda antes de o doutor Costa nos abrir a porta do consultório com um sorriso paciente e jamais trocista, passaríamos pela sala do senhor Oliveira, que nos ouviria de olhos esbugalhados e testa toda franzida e perceberia logo que ui, essa zona quando dói é sinal que a coisa já está bastante mal, isso não me cheira nada bem, aí tanto pode ser o fígado, que é um problema, até porque um transplante pode demorar cinco ou seis anos, e sabe que fígados não caem do céu, como também pode ser do pâncreas, que anda a matar muita gente, olhe ainda há pouco foi aquele actor, o homem-elefante, aquilo quando se dá por ela já a pessoa está condenada, como também pode ser um tumor na vesícula, que até é raro mas tem uma taxa de mortalidade brutal, é que é mesmo brutal. [Read more…]

Telejornais no ridículo

Jornal do Incrível, num Telejornal perto de si.

Neste momento, não deve sobrar um restaurante com lampreia no menu que ainda não tenha sido visitado por um canal de televisão português. Somam-se as extensas reportagens sobre o vento, a chuva, o frio e as ondas, com reportagens em directo, mesmo quando NADA se passa. O exemplos são muitos. Quem tenha paciência para quase duas horas de “notícias” poderá constatar que são espaços para diariamente encher chouriços, com baixo custo de produção. Valha-nos o Jornal 2, da RTP2, para equilibrar um pouco a pobreza informativa nacional.

Lido nas redes:

Qual é a filosofia do treinador Jorge Jesus?
“Eu ganho, nós empatamos, os jogadores perdem”

It’s great. It’s amazing.

portugal no-wall

No mundo de Trump não há factos nem verdade. Apenas o que se diz no momento. [Read more…]

PSD procura candidato para a CML

procura-se candidato para a CML

Ontem no DN. Na linha do antigo anúncio do Aventar.

Dos livros, das listas, das crianças

Gustave Doré, ilustração para «O Pequeno Polegar»

Gustave Doré, ilustração para «O Pequeno Polegar»

Continuam, ainda hoje, as variações sobre o livro do Valter Hugo Mãe. Parece que a Comissão de especialistas veio dizer que a selecção da obra foi um lapso. Pior a emenda que o soneto.

Pessoalmente, não sendo admirador da escrita do autor, acho toda esta história caricata. Na verdade, a obra consta de uma lista de centenas de livros de leitura não obrigatória, apenas sugerida, e foi atacada por argumentos surpreendentes, quando se lêem as várias listas propostas.

Pergunto-me mesmo – desculpem-me os “especialistas – se os seus autores leram os livros que recomendam e ainda mais me pergunto sobre que diabo de critérios alinham aquela salada sem sentido. Como declaração de interesses, aqui garanto que não saberia fazer uma tal lista nem, valha a verdade, lhe vejo qualquer valor. Quando muito saberia fazer uma curta lista de obras sem as quais “não sois nada neste mundo”, como no dito popular. Pessoal, claro, mas pela qual saberia responder. [Read more…]

Corruptos no poder rendem-se

rumanien2

Foto: DPA

Por força dos protestos de centenas de milhares de manifestantes nas ruas, dia após dia, o primeiro-ministro romeno, Sorin Grindeanu anunciou hoje que o Governo vai revogar o decreto pró-corrupção que tinha aprovado no início da semana. “Ouvimos a voz da rua” declarou Grindeanu, “Não queremos dividir a Roménia”.

“The people don´t know their true power” – lembra-nos o cartaz de uma manifestante.

Paga-se um bocadinho caro mas é o que temos

daniel-podence

Jesus: se os quiseres trabalhar, terás um “cavalão”. Se continuares a apostar na trampa que observas pela Sporttv e pelo PFC continuarás a fracassar.

Paga-se um bocadinho caro mas é o que temos. Para seres o melhor, tens que trabalhar para mereceres ser chamado de “o melhor”. E digo-te abertamente Jorge: tens na Academia um bocado daquilo que precisas para trabalhar de forma a seres o melhor. É claro que no próximo ano terás que ir buscar o que falta fora das paredes da Academia. Falta-te calo, experiência e isso, decerto que não tens nos Zeegelaar´s, nos Markovic´s e nos Elias em quem apostaste durante meia temporada para depois chegares ao dislate de teres que lançar os meninos na fogueira, no circo de feras que é o Estádio do Dragão.

Esses é que nos ficaram caro!

Falta-te coragem para admitires que falhaste redondamente na presente temporada. És casmurro. Continuas a crer que as soluções que querias para o Benfica de há 3 anos atrás são as melhores para o Sporting de hoje. Continuas a crer que os teus processos de jogo são os únicos possíveis. Os teus processos de jogo de hoje com os laterais, com os centrais e com os médios que tens não valem nada. Nada. Leste? Nada.

[Read more…]

Os jornalistas e a conferência de imprensa de José Sócrates

José António Cerejo

Haverá algum jornalista que não ache que os jornalistas decentes deviam ter abandonado a conferência de imprensa de Sócrates, depois de este se ter recusado a responder a perguntas de um órgão de comunicação social? Ou são só os jornalistas que não abandonaram uma conferência de imprensa de Trump perante uma situação semelhante que são indecentes?
Para mim, os que ficaram nos seus lugares, em Lisboa e em Washington, são iguais: indecentes!