Clube grande, treinador médio, homem pequenino…

As derrotas costumam ter o mérito de afirmar grandes líderes. Um verdadeiro general defende os seus homens, às vezes até para lá do defensável, assumindo culpa, mesmo quando não comete ele próprio os erros.
Nunca gostei do estilo fanfarrão de Jorge Jesus. Sem lhe tirar o mérito pelas suas capacidades enquanto treinador de futebol, a verdade é que em 2013 ajoelhou no Dragão apesar de ter um plantel de qualidade superior. O ano passado “se quisesse deixava o Rui Vitória pequenino” após vencer o derby na Luz, mas as suas provocações serviram para motivar o rival que acabou por lhe servir a frio a vingança na 2ª volta em Alvalade. [Read more…]

Stream em directo do Feirense vs Rio Ave no Youtube

Aqui no Youtube. Estranho dadas as regras do Youtube para a partilha de vídeos de futebol. Ainda para mais com as odds a serem actualizadas em tempo real no directo. Confirma-se.

Manipulação de resultados? Evidentemente

Uma aposta vinda da China no valor de 100 mil euros no jogo Feirense vs Rio Ave (hoje às 21h) suspendeu as apostas nesse jogo em 3 das casas legalmente acreditadas para operar no mercado português das apostas desportivas.

Conhecendo minimamente o louco mercado das apostas desportivas asiáticas, a informação fez-me recuar a alguns acontecimentos do passado e executar uma pequena reflexão em estilo de memorando que pode auxiliar os leitores a compreender a situação em causa e a formular uma opinião:

O primeiro – Recuo até 2012\2013 quando a poucas jornadas do final do campeonato recebi uma informação por parte de um amigo que trabalhava como “relatador” de jogos para uma entidade supostamente ligada a uma casa de apostas, que ia de encontro à possível manipulação de um jogo entre o Beira-Mar e o Nacional, partida que haveria de terminar empatada a duas bolas com claro prejuízo de arbitragem para o Beira-Mar. Nessa altura, esse meu amigo falou que numa das casas de apostas que operava em Portugal, tinham sido registadas apostas no valor total de 3 milhões de euros, vindas precisamente de países asiáticos, mais concretamente da Malásia, nas horas que antecederam ao jogo, o que levou na altura as operadoras a suspender as apostas a 1 hora do início do jogo. Estamos a falar de um valor em média 10 vezes superior ao que é registado semanalmente para um jogo dessa estirpe.
[Read more…]

Libertadores dos Roedores Agrilhoados

Em tempos idos, fui amiga do colectivo LRA, esse lendário bando que esteve na origem de tantos e tão espectaculares actos de insubordinação contra a escravização dos nossos irmãos (é uma forma de dizer) roedores.

Nunca cheguei a entrar oficialmente no grupo porque fiquei com uma aversão aos bichos desde que me passou uma ratazana por cima dos pés, numa manhã de chuva, em Campanhã, mas nem por isso deixei de apoiar as suas corajosas investidas. Certa noite, já no ocaso das actividades do LRA (depois do escândalo da Operação Chinchila), bateram-me à porta os camaradas B. e C., os rostos escondidos atrás dos capuzes e as vozes trémulas de frio e temor. A acção dessa noite correra mal e apenas tinham conseguido libertar um espécimen de laboratório do qual tinham de livrar-se a toda a pressa, perseguidos como estavam pelas autoridades. Passaram-me uma pequena caixa de cartão para as mãos e correram para a carripana desconjuntada que fora de um amigo da causa. Apenas consegui balbuciar um “mas…” que eles já não ouviram. Da caixa vinham uns ruídos abafados, umas pequenas patas a arranhar a superfície. Fechei a porta, pousei a caixa sobre a mesa e abri-a com cuidado.  [Read more…]

A metamorfose Le Pen


O velho discurso da Frente Nacional varrido para baixo do tapete. O populismo seduz, oferecendo às pessoas a solução para todos os problemas sem grande esforços, deixando os partidos tradicionais encostados às cordas. Em França os socialistas radicalizam à esquerda, perdendo o centro e qualquer possibilidade de conquistar votos à direita numa eventual passagem à 2ª volta. O candidato do centro-direita enredado na costumeira teia da corrupção e compadrio. Marine Le Pen dá voz aos que não querem ver o problema que muitos franceses consideram ser a islamização de França, confundindo a maioria dos muçulmanos com alguns extremistas que têm praticado atentados terroristas. Promete endurecer penas de prisão para crimes graves, introduzir a pena de prisão perpétua, regressar ao Franco como moeda nacional e apresentar leis económicas proteccionistas, aliás o programa económico tem muitas semelhanças com as ideias do PCP ou BE, ou não fosse a extrema-direita semelhante ao marxismo…
Tenho para mim que, ou E. Macron atravessa sem escândalos este período e consegue o voto dos que acreditam na Liberdade e Democracia, ou veremos a França ser o próximo país a cair na intolerância e com ele muito provavelmente ruirá a Europa…

Perguntar não ofende

A disrupção cognitiva do CEO da América:

A máquina de fazer parvos

Ana Cristina Pereira Leonardo

A recente controvérsia a propósito da «linguagem inapropriada» de um livro incluído no Plano Nacional de Leitura, recomendado por professores de Português a alunos do 8º ano, veio recordar a falta que faz a inteligência. Ao escrever inteligência, refiro-me ao médico, pedopsiquiatra, psicanalista e educador João dos Santos, homem cuja sensibilidade, sustentada na firme aliança entre teoria e prática, jamais lhe permitiu abandonar a árvore a troco da floresta. As suas conversas com João Sousa Monteiro, reunidas no livro Se Não Sabe Porque É que Pergunta?, continuam a ser um manancial de sabedoria e encantamento e é nele que vem relatado este pitoresco episódio que versa precisamente sobre vida sexual. [Read more…]

Prospecção do Mercado

Pagai propinas à Universidade Católica! – sugere Sua Eminência Parda, o Senhor Arcebispo de Braga.
É o mercado de Inverno a funcionar, estúpidos!

Quando Trump diz a verdade

dt

É caso para se lhe tirar o chapéu. Em entrevista à Fox News, e após ter afirmado que respeitava Vladimir Putin, Donald Trump foi confrontado por Bill O’Reilly com o facto do presidente russo ser um assassino. A resposta do presidente dos EUA, que gerou forte indignação, inclusive no seio do Partido Republicano, não podia ser mais honesta. Sim, honesta:

Há muitos assassinos por aí, nós também temos muitos assassinos. Acha que o nosso país é assim tão inocente?

É verdade, Trump. O vosso país não é inocente. O vosso país anda há décadas a patrocinar golpes de Estado, do Irão ao Chile, a invadir estados soberanos no Médio Oriente, a treinar e a equipar terroristas, a bombardear hospitais e escolas, a apoiar o terrorismo de Estado de Israel e a alimentar guerras um pouco por toda a parte. A comparação com a Rússia não poderia ser mais certeira e já era tempo de alguém o admitir.

Três horas de vida irrecuperavelmente perdidas

tom-brady

De Tom Brady só lhe posso gabar a beleza da mulher, as mansões e as bombas que possui na sua garagem. Dizem que é uma espécie de Michael Jordan do futebol que de Futebol não tem nada visto que é jogado maioritamente com as mãos. Acabou de conquistar o seu quinto anel de campeão na prova.

Estive a ver pela 2ª vez o Superbowl, a final do Futebol  Americano. Hoje, é uma daquelas noites estranhas em que no nosso país, centenas senão milhares despem o fato (afinal ainda há fatos, Francisco) de comentadores futebolísticos de tasca para se tornarem grandes especialistas num jogo cujo objectivo, cujas estratégias (ou processos de jogo, se quiser falar a língua do Freitaslobês) ou cujas regras e vedetas, são mistérios insondáveis para mim. Ou então, para serem acordados ao intervalo para ver o cenário dos concertos dessa abjecta maralha de vedetas norte-americanas alienadas que passam em loop, até à exaustão nas playlists das rádios mundiais. Há também aqueles que só querem ver os fantásticos (no seu sentido amplo) anúncios de intervalo. É pena que os mesmos que hoje estão (nas redes sociais) a comentar até ao osso as tomadas de decisão de passe de Tom Brady ou quem é que abalrroou quem (porque efectivamente, uma placagem a sério não é isto), sejam os mesmos que não dão para a caixa do peditório das modalidades amadoras em Portugal ou que não apoiam nem partilham um único feito internacional dos nossos raros Campeões. A não ser que a bola seja redonda e o campo tenha 22 jogadores.  [Read more…]

Para o arquivo do rigor jornalístico

sicn

A SIC Notícias transformou os aumentos de 0,49 cêntimos no gasóleo e de 0,34 cêntimos na gasolina, previstos para o início desta semana, em aumentos de 49 e 34 cêntimos, respectivamente. Seria de esperar que ninguém no seu perfeito juízo acreditasse numa treta destas. Porém, quando o título da notícia foi alterado, poucos minutos após a publicação original, já as redes sociais tinham tratado de explodir em indignação e disseminado mais este lapso da nossa imprensa atenta. Onde estaria o Hugo quando se publicou este aborto jornalístico? Será que deu OK?

via Os truques da imprensa portuguesa