Startup Macron


Da necessidade de derrotar Le Pen nasceu um boneco. Mesmo tendo vencido com os votos da esquerda que o despreza e sendo o candidato que menos entusiasmava os seus próprios eleitores, o coro de papagaios que enche o eco televisivo transformou-o numa esperança. Ex-banqueiro, ex-relator de Sarkozy, ex-conselheiro de Hollande, ex-ministro de Valls, o oportunista saltitou até ao céu sem compromissos. “Eu reivindico a imaturidade e a inexperiência política”, gritou para uma plateia embrutecida pela aldrabice populista do candidato antissistema que o sistema adora. Fazer um caminho político passando por várias eleições é coisa “de um tempo antigo”, disse. E Macron é uma coisa do futuro, onde os partidos são startups e os presidentes melões por abrir. Jovem, belo, impecavelmente vestido, tudo nele é moderno. Em entrevistas sobre negócios usa, num inglês irrepreensível, os termos da moda. Tem a lábia de vendedor de oportunidades que deslumbra qualquer “colaborador” num fim de semana de team building. Faz parecer revolucionária a certeza de que tudo vai ficar um pouco pior. Tudo nele cheira bem. Cheira a Uber, que ele acredita ser uma excelente solução para os jovens desempregados, que não querem patrões, querem clientes. Macron não é um político. É uma app. Sempre em atualização.

Macron é trendy, a crónica de Daniel Oliveira, no Expresso

Comments

  1. Ferpin says:

    Ė verdade que o mácron beneficiou de um conjunto de circunstâncias. Bastava o valls ter sido a escolha do PSF para ele não ser presidente.
    Bastava o Fillon não ter sido apanhado com a mao na massa para ele não ser presidente.

    Mas, dizer o pior dele, devido ao melenchon ser muito a esquerda, o hamon ter sido uma péssima escolha, e a marine ser um perigo… é estúpido.

    • Nascimento says:

      Bastava?Ui…maravilha. E que é que isso anula a posta do Daniel?A postada é Presente….ai,ai, se, se,se,…. adivinhos? Revela inteligência!ahahahahahahah

  2. JgMenos says:

    ‘ o oportunista saltitou até ao céu sem compromissos’.
    Se fosse um comuna era um brilhante revolucionário inspirado e mobilizador!
    Palhaços!

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s