Educação em Gondomar: Carta aberta ao Presidente da Câmara Municipal


 

 

 

 

 

 

 

 

Exmo. Senhor,

Venho por este meio protestar veementemente, mais uma vez, devido às condições físicas da Escola E B 1 do Alto de Soutelo
Na última aula de Educação Física, a minha filha ficou toda esfarrapada quando caiu ao chão no decorrer de um exercício. Braço, joelho, anca e mãos muito magoadas.
Tudo porque o chão da escola é uma vergonha que não se admite num país civilizado, quanto mais num concelho, como Gondomar, que se diz desenvolvido.
Não vale a pena alegarem falta de dinheiro. Não é necessário dinheiro para pegar numa máquina e limpar aquele cascalho todo que alguém um dia decidiu lançar sobre o piso da escola.
Dinheiro não. Vontade política. Apenas e só!
Compreendo que os Centros Escolares sejam mais atractivos em tempo de eleições. Afinal, a Escola E B 1 do Alto de Soutelo é muito pequena. Rende poucos votos.
Já agora, relembro mais uma vez que a passadeira que serve os alunos da escola é uma pouca-vergonha. Uma passadeira que vai dar a uns contentores do lixo, que está sempre ocupada por carros e que, de resto, praticamente já desapareceu.
Deixo algumas fotografias para que o senhor ou alguém ponha a mão na consciência. Para que alguém pense na negligência que representa toda esta situação.
É que, um dia, a negligência transforma-se em crime.
Aqui estarei se for esse o caso.
Cumprimentos.

Comments

  1. Mário Reis says:

    Havia necessidade de falar em vontade politica? Falou-se tanto de mudança.., e quase tudo como dantes: juntou-se a fome e a vontade de comer, a arrogância, o nepotismo, incompetência e a boa vida: carros de luxo, exibicionismo de tabletes e iphones, viagens a dar com um pau e, tempo e mais tempo, em “convívio com o povo” que aí vêm eleições, nas subidas e descidas quase diárias do Douro. É vê-los desocupados (presidente e vereadores) em imagens a roçar o ofensivo para quem passa dificuldades e carece de apoio.
    O que relata é um pouco da realidade, que gasta balúrdios como cidade europeia do desporto mas continuam a existir equipamentos com condições deficientes; que mantém as escolas sem quadros de funcionários para garantir segurança das crianças; onde se substitui pavimentos em estradas que aguentavam mais dois, três cinco e mais anos, esquecendo outras miseráveis e sem manutenção como acontece na zona de Entre-Cancelas em Baguim.

  2. Mário Reis says:

    Ricardo e restantes companheiros, recordar é viver…
    https://aventar.eu/2013/09/26/1203953/#comments

    • Ricardo Ferreira Pinto says:

      Foi há 4 anos, é verdade. Tantas ilusões, tantas expectativas…
      Afinal, o Mário é que tinha razão. É igual aos outros.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s