The Geringonça – Coreia do Norte connection


Fotografia: KCNA/Reuters

Podia ser o título de uma daquelas páginas alucinadas de Facebook, inspiradas pelo trabalho não menos alucinado dos spin doctors espirituais da alt-right tuga, controladas por personagens sinistras, afectas à ala mais radical que se instalou na cúpula do PSD, mas não é. Sou apenas eu, que sou um simples parvo, a criar uma conspiração baseada na conspiração do momento, alimentada e promovida pelos mesmos marmanjos que deram ao país grandes êxitos como a lista alternativa de vítimas mortais dos incêndios de Pedrógão. Vocês sabem quem eles são.

Vem esta conexão a propósito do quê, perguntam os caros leitores que tiveram a paciência de chegar ao segundo parágrafo deste conspirativo fake post? Ora, à luz que alumia os nossos mini-Trumps, com os seus brunches, brioches e movimentos da treta que lhes permitam emergir por entre a ignorância que se instrumentaliza com recurso ao emocional e à demagogia barata, os partidos que compõem a so called Geringonça são em tudo idênticos ao regime norte-coreano. Sim, sabemos que andam por aí uns tipos na cena política nacional, com dúvidas sobre a natureza do regime norte-coreano, que não posso nem devo nomear, pelo facto de hoje se celebrar a bizarria do Dia de Reflexão, mas esta é uma daquelas comparações só ao nível do mais idiota e acéfalo poio. Sim, poio. Poio é o que me ocorre ser o recheio cerebral de quem compara um totalitarismo à solução governativa que vigora em Portugal. A Geringonça é tão equiparável ao regime norte-coreano, como o PSD dos Venturas ao Terceiro Reich. Estúpido, certo? Avancemos.

O que sucede? Sucede que, e regresso à conspiração do momento, o já célebre relatório dos serviços secretos sobre o roubo de Tancos, que apesar de não ser da autoria dos serviços secretos já valeu por mais uma fabulosa intervenção do primeiro-ministro no exílio, que não resiste ao harakiri, em Tancos como em Pedrógão Grande, deu origem a um comentário preocupante da parte de Pedro Santos Guerreiro, que afirmou, na SIC Notícias, que “há armamento nuclear a circular não se sabe onde“. Alto e pára o baile! Armamento nuclear? Qual armamento nuclear? Portugal tem armamento nuclear? Porque se tem, só podem ter sido os esbirros do Kim Jong, que transferiram a tecnologia para Portugal, a pedido dos camaradas da Geringonça. Querem ver que isto anda mesmo tudo ligado? Tenham medo, tenham muito medo.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s