Finalmente aparecem as caixas de robalos de Vara

Passado este tempo, o peixe será, certamente, material altamente explosivo.

Chamusca

A PJ descobriu as armas roubadas de Tancos. Lá se vai metade do património político do CDS.

Então, Expresso, esse relatório de Tancos?

Há duas semanas, Pedro Santos Guerreiro justificava o Expresso com o argumento de, na edição a seguir, voltar ao tema Tancos com informação relevante. A montanha pariu um rato na edição que se seguiu e nesta nem a isso chegou.

Vamos aguardar. Para já, é mais um caso para juntar à lista composta pelos dossiers WikiLeaks, Panamá Papers e mortos de Pedrogão Grande. Naturalmente que se trata de jornalismo de referência. É uma questão apenas de determinar qual é o referencial.

The Geringonça – Coreia do Norte connection

Fotografia: KCNA/Reuters

Podia ser o título de uma daquelas páginas alucinadas de Facebook, inspiradas pelo trabalho não menos alucinado dos spin doctors espirituais da alt-right tuga, controladas por personagens sinistras, afectas à ala mais radical que se instalou na cúpula do PSD, mas não é. Sou apenas eu, que sou um simples parvo, a criar uma conspiração baseada na conspiração do momento, alimentada e promovida pelos mesmos marmanjos que deram ao país grandes êxitos como a lista alternativa de vítimas mortais dos incêndios de Pedrógão. Vocês sabem quem eles são. [Read more…]

Os relatórios são todos iguais, mas uns são mais iguais do que os outros

Era uma vez um relatório órfão e tão franciscano que para o título lhe bastaram duas palavras. Estava destinado a alimento da criação de ácaros, tal como sucedera aos irmãos, até ter sido salvo pelas luzes da ribalta. Agora vive os seus dias de glória, sendo aclamado como sendo O Relatório e já nascem canções sobre o material nuclear roubado e por ele relatado. Eis o destino dos Eleitos, quando O Jornalista estende a mão ao que parecia primus inter pares. Poderão existir outros, mas este é O Único.

Jornalismo de referência

O Expresso nunca disse que este relatório era oficial nem que era final.” – Pedro Santos Guerreiro sobre a notícia que levou o líder da oposição dizer que é preciso ler o Expresso para saber o que se passa no país.

image

Na mesma linha, também se pode ler o Aventar para saber o se diz nesse relatório.

image

image

E relatório diz:

RELATÓRIO TANCOS
Desaparecimento de armamento militar
Julho (?) de 2017

Parece que não tem autor. É possível que tenha páginas impressas por baixo da capa.

Já que aqui estamos, ó Pedro Santos Guerreiro, e os Panama Papers? Já houve tempo para  cruzar os dados e sabermos quem são esses jornalistas avençados? E os cables da Wikikeaks?

O Expresso e o relatório-fantasma de Tancos

Na edição impressa desta semana, o Expresso lança a polémica que promete marcar a narrativa da máquina de propaganda da direita nos próximos dias, com uma manchete onde se pode ler que “Relatório das secretas sobre Tancos arrasa ministro e militares”.

Tem início um incêndio nas redes sociais. Spin masters da direita a carburar a todo o gás. O Gorjão a ter orgasmos múltiplos. Pedro Passos Coelho, indignado, a cuspir nos pratos onde come desde 2011 e a questionar quem ainda o ouve – e o Expresso até lhe fez o frete de lhe dar destaque durante toda a tarde de ontem na edição online – se é preciso comprar o Expresso para saber o que se passa no país. [Read more…]