Graças a Deus, são caucasianos

US-CRIME-CHILDREN-COURT-TURPIN

Louise e David Turpin formam um sádico casal de monstruosas aberrações, que submeteu os seus 13 filhos a uma existência de terror e tortura. Privados de liberdade e sujeitos a uma alimentação miserável, tendo apenas direito a uma refeição por dia, só podiam tomar banho uma vez por ano e eram constantemente punidos com castigos de semanas ou meses que incluíam serem acorrentados ou amarrados à cama sem poder usar uma casa de banho. Em tribunal, Louise sorriu.

 

Imaginem a dimensão que um caso como este teria se tivesse acontecido no seio de uma família negra, hispânica ou, pior, árabe. Graças a Deus que foi com uma família de caucasianos, ou os fachos da alt-right já tinham enfiado o carapuço branco e invadido as ruas de Perris, Califórnia, munidos de armas automáticas, bandeiras confederadas, slogans racistas e tochas na mão. Imaginem Maria Guadalupe a sorrir, perante o julgamento da brutalidade dos seus actos, enquanto os trumps desta vida saiam à rua para exigir muros e cabeças. Graças a Deus, são caucasianos.

Para um país que integra o so called mundo desenvolvido, que é mesmo a maior potência militar e económica do planeta, os EUA são demasiadamente dados a bizarrias violentas. Tiroteios, seitas religiosas que penitenciam suicídios colectivos, violência racial, miúdos que massacram miúdos com as armas dos país ou uma política externa com um longo historial de invasões de estados soberanos e patrocínio de golpes de Estado contra governos democraticamente eleitos são apenas alguns exemplos. O que vale é que são caucasianos. Graças a Deus.

Comments

  1. Bento Caeiro says:

    Os Estados Unidos da América, tal como uma grande floresta, possui espaços de grande beleza, enormes e diferentes clareiras – cada qual com as suas espécies e e perigos; espaços de grande perigosidade, por onde é melhor nem pensar em passar. Rios e montanhas onde é precisa muita coragem e perícia para atravessar ou escalar. Bichos rastejantes e outros que muito rapidamente, se atirarão à nossa jugular. Só para dizer, que mesmo tendo imensas pradarias, até nestas é preciso ter cuidado e saber andar.
    Experimente-se, para o comprovar, dar uma volta pelo Amazonas.
    Assim são os EUA e estarão mal os que os atacam por serem assim, também, os que os defendem, negando e querendo esconder aquilo que de facto são: uma imensa floresta, com as suas belezas (quiçá paraísos) e fealdades (quiçá infernos), riquezas e pobrezas – materiais e mentais.

  2. Paulo Marques says:

    Dói, mas é verdade.

  3. Maria Moreira says:

    Que felicidade, nos EUA também há violencia…
    Alias a violencia começou nos EUA e a causa é o Capitalismo, e o homem branco. Este mariconço do Mendes, o Beato Comuna fica em extase, ele regizija-se pois estas coisas são culpa do capitalismo. Ele fica contente quando verifica qiue por exemplo as capital do actual paraiso na terra (Caracas) é a cidade menos violenta do planeta…
    Leiam depressa este post e façam print screen , pois o democrata e pró liberdade de expressão / opinião não tarda a censurar este post como é seu hábito. Para abrir o apetite :
    https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/violencia-de-negros-contra-brancos-nos-eua-e-mais-de-25-vezes-maior-que-o-inverso-mas-jornais-escondem-dados/ , mas isto está errado o que está certo é o que o adiantado mental do Mendes diz

    Maria Moreira


    • Apagar o teu comentário? Porquê, se te posso igualmente insultar, minha grande puta fascista? Não foi isso que cá vieste fazer, grande cabra? Não vieste comentar o texto, não estás seguramente a comentar pontos de vista meus, então resta uma opção: és uma cabra ressabiada com uma suástica tatuada no fundo das costas para os fachos que te comem o cu se virem mais depressa. Heil, minha grande puta!!!

      • JgMenos says:

        Como todo o grunho o esforço é ultrapassar a Maria nos idiotas termos em que ela se coloca.

        • Rui Silva says:

          O engraçado é, que pelo que vi a Maria Moreira apenas por ter chamado “mariconço” levou com toda a estaleca mál educada do individuo, e nem sequer lhe chamou panilhas !
          O que dá para ver que este individuo deve achar que ser homossexual é uma coisa horrível, de tal forma que não quer ser confundido com tal. Ora isso chama-se homofobia. No “melhor pano cai a nódoa”.
          Depois também acho graça ao tratamento Misógino
          que é transversal a todo o comentário. Portanto além de mal educado o tipo é homofóbico dos 4 costados…misógino e sabe-se lá mais o que, mas são todos muito pelas minorias bla bla bla, desde que as minorias sejam da sua ideologia.

          Rui Silva

        • ZE LOPES says:

          Olha quem fala…


  4. ….hoje fiz mal em vir aqui……comentários destes desanima e entristece ! ….lamentável q b !!!

    .http://1.bp.blogspot.com/-vTx0NaB9Ag8/T47VlK28XPI/AAAAAAAAAco/mLnOd6ZuZ2I/s1600/diconosy0.jpg