Lula Livre

lula 2017.jpg

A foto de Lula fichado no DOPS (Foto: Instituto Lula)

Ditadura milita, 19 de abril de 1980, Luiz Inácio Lula da Silva o então líder sindical do ABC Paulista  foi preso pelo DOPS, a polícia política do regime, sob a acusação de “ferir a Lei de Segurança Nacional”.

 

07 de Abril de 2018, Lula é preso novamente acusado sem provas substanciais e por um sistema jurídico a serviço de interesses partidários da direita brasileira.

“Estou sendo condenado não por provas mas por convicções… eu não tenho medo deles. Eu tenho certeza que estes que me acusam não tem o sono tranquilo que eu tenho nos altos dos meus 72 anos. O crime que cometi foi colocar negros e pobres na universidade, pobre viajando de avião, comprando carro, comendo carne e por esse crime serei sempre criminoso”, declarou o presidente em seu ultimo discurso antes da prisão.

A prisão do Lula é somente para garantir a direita que não serão derrotados nas urnas novamente nas próximas eleições. O ex-presidente liderava todas as pesquisas. A história já mostra os próximos passos. A direita brasileira no poder com sua falaciosa democracia. Certamente governarão por mais 4 anos e deixarão o país na miséria que sempre souberam deixar. Exibindo nas rua se nas redes o horror a gente preta, a gente pobre no shopping, nos aeroportos, nas universidades e a domésticas que reivindicam seus direitos.

Mas a semente plantada por Lula segue crescendo e exigindo seus espaços. Gente saciada também por conhecimento. Uma parte que significa a resistência na luta de classes pois como disse também o ex-presidente “daqui a pouco teremos juízes e promotores saídos da periferia e favelas”.

Lula foi preso por libertar milhões.

lula

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Comments

  1. Lu Pisarro says:

    Lula Preso

    80% dos Brasileiros (como eu) festejaram o Lula Ladrão mor do Brasil preso.
    E é tão ogro e chulo que foi BÊBADO.
    O pt morreu.

    VIVA O JUIZ SÉRGIO MORO!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Carlos Almeida says:

    Cala-te NAZI

  3. Policarpo says:

    Amigo, afirmar que “Lula é preso novamente acusado sem provas substanciais e por um sistema jurídico a serviço de interesses partidários da direita brasileira” é uma grande besteria. Vou tentar explicar as duas partes principais da sentença:
    1) “Lula foi acusado sem provas substanciais”
    a) Lula foi condenado por um juiz federal da 1ª instância, num processo que respeitou todos os ritos legais, inclusive o de ser defendido por advogados que cobram o olho da cara por hora de trabalho;
    b) A condenação inicial foi ratificada por uma turma de desembargadores (no Brasil, desembargadores são juízes de instância superior) da 2ª instância. Aqui, o placar foi de 3 a 0;
    c) Após o resultado da 2ª instância, a defesa de Lula entrou com pedidos de Habeas Corpus preventivo nas 3ª e 4ª (STF) instâncias. Na 3ª, esse pedido foi negado por 5 a 0. No STF, foi negado por 6 a 5 (dos seis votos contra Lula no STF, cinco foram dados por ministros nomeados pelo PT).
    d) Desse contexto (15 juízes contrários a Lula), pode-se concluir que o “sem provas substânciais” não condiz com os autos do processo.
    Agora, a parte mais absurda:
    2) Lula foi acusado por um “sistema jurídico a serviço da direita”
    a) ainda durante o regime autoritário, a esquerda marxista começou a aparelhar as universidades brasileiras. Logo, a maioria dos juristas formados após o término da ditadura teve influências de mestres progressistas;
    b) Após os generais, nossos presidentes, com exceção do Collor, foram todos progressistas: Sarney e Itamar, populistas; FHC (8 anos), social-democrata; Lula e Dilma (13 anos), socialistas. Sem nenhuma dúvida, nos últimos 20 anos, fomos governados pela esquerda marxista (FHC/Lula/Dilma). Então podemos afirmar que, neste período, as nomeações de juízes para as cortes superiores foram feitas por governantes esquerdistas. Vejamos o caso do STF, nossa última instância, composta por 11 ministros nomeados da seguinte maneira: 1 por Sarney, 1 por Collor, 1 por FHC, 7 nomeados por Lula/Dilma (desses, 3 são marxistas assumidos) e 1 por Temer.
    c) A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que exerce enorme influência no sistema jurídico brasileiro, foi capturada pela esquerda há mais de 35 anos. Essa Ordem possui a prerrogativa constitucional de indicar advogados para tribunais superiores.
    Isto posto, é besteira dizer que “o sistema jurídico está a serviço de interesses partidários da direita”. Inexiste direita organizada no Brasil, ainda que a sociedade brasileira seja de maioria conservadora.
    d) A maior parte dos magistrados que votaram contra Lula, foi escolhida pelos petistas. Supor que esses juízes estão a serviço da direita é quase insano.

    Pra encerrar deixo um desafio ao autor. Cite ao menos um partido de direita no Brasil, com poder para influenciar qualquer um desses sistemas: acadêmico, jurídico ou de comunicação.

    • Paulo Marques says:

      “o “sem provas substânciais” não condiz com os autos do processo.”
      E, no entanto, não cita uma com tantas palavras.

      “Então podemos afirmar que, neste período, as nomeações de juízes para as cortes superiores foram feitas por governantes esquerdistas. ”
      Também foram muitos em Portugal, e saem-se com «uma mulher que comete adultério é uma pessoa falsa, hipócrita, desonesta, desleal, fútil, imoral. Enfim, carece de probidade moral”». Infelizmente, a casta anda sempre atrasada no tempo. e só se pode escolher entre o que existe.

    • Policarpo

      No seu texto, diz que Fernando Henrique Cardoso é social-democrata, e eu não contesto.

      Para logo acrescentar “Sem nenhuma dúvida, nos últimos 20 anos, fomos governados pela esquerda marxista (FHC/Lula/Dilma)”.

      Primeiro, dizer que os governos de Lula e Dilma, foram “marxistas” só porque quiseram dar voz aos sem terra, aos sem voz, aos SEM TUDO, e puseram a Economia brasileira entre as mais florescentes do Mundo (apesar da corrupção institucionalizada…mas essa também há a nível mundial), parece-me um pouco “excessivo”.

      E incluir nesse pacote “marxista”, FHC que antes disse ser social democrata, parece-me contraditório.

      Quanto aos critérios de certos juízes, mesmo para mim que estou longe e sou português é tão evidente o proteccionismo e parcialidade de alguns, para com uns quantos cidadãos, e a “pressa” de prender Lula da Silva, “estimulada” por aquele general que ameaçou “mandar o Exército para a rua” se ele não fosse preso, isto diz muito de como os seus conhecimentos da Lei brasileira, e os argumentos jurídicos que bem demonstra no seu texto, são “prejudicados” pelo estado a que chegou a “justiça” no seu país.

  4. Dragartomaspouco says:

    Outro filha da Puta

  5. JgMenos says:

    Pelos vistos apalavra de ordem é fazer de um corrupto um mártir…
    Esquerdalhada de merda!

    • Dragartomaspouco says:

      Olha outro ….

      Já cá faltavas oh menos infinito

    • Paulo Marques says:

      Tal como o Piedgemont… a direita não é muito inteligente, consegue criar heróis de gente cheia de defeitos.

      • Carlos Almeida says:

        Caro P Marques

        Eu não compararia o Lula com Piedgemont.

        Lula é ou foi um Social Democrata de origem operária, o Piedgemont é um burguês neo liberal, de direita claro.

        Quando digo Social Democrata, refiro-me ao perfil nórdico ou alemão e portanto socialista no Sul da Europa, não o nome que os nossos neo liberais do “Estado Laranja” dão ao seu partido, por motivos de cosmética politica.

        • Paulo Marques says:

          A comparação não é entre os dois, é com as reacções tão absurdas dos reaccionários que dificilmente não terão dado tiros nos pés.

          • Carlos Almeida says:

            P Marques
            Pois será, muito embora eu me cheire sempre a esturro, quando os declaradamente neoliberais lideram as aspirações de liberdade de um povo, neste caso o povo da Catalunha.
            O Sr Piedgemont, consegue fazer de “martir” porque o PM de Castela é um Franquista encapotado e a sua visão ditatorial de liderança, não lhe dá para perceber que se calhar era melhor para Castela tentar ir aos poucos “domesticando” os catalães, tal como já fez com outros povos da Espanha, que tinham identidades e culturas bem diferentes de Castela: Aragão, Navarra,
            Castela está de facto a dar tiros nos pés

    • ZE LOPES says:

      Menos, o menino está a perder as estribeiras! Está cada vez mais mal educado! E cada vez mais direitrolha! Essas romarias a Santa Comba não lhe fazem nada bem! Quem lhe disse que aquilo são termas enganou-o.

    • Ó “menos” ! Que saudades !

      Com que então : “Pelos vistos a palavra de ordem é fazer de um corrupto um mártir…
      Esquerdalhada de merda!”

      E por cá, BPN/SLN, BES, os “mártires” salgados, oliveira e costa , e outros que tais ?

      E os 3.200 milhões de euros que o BPN custou aos contribuintes, e o aldrabão-mór coelho vendeu ao BIC por 40 milhões ? Que grande negócio não foi, ò “menos” ?

      E as acções que o amigalhaço oliveira e costa, vendeu ao cavaco a preços de favor (40 a 60% abaixo do seu valor) e que depois ele vendeu, antes do colapso do Banco de que antes afirmara a sua “solidez” ?

      E os submarinos do portas ? E…E…E…

      Então não te preocupas TAMBÉM com estes…”mártires” ? São os “nossos”, são portugueses ! Não tens por eles, um rasgo de “piedade”…ò “menos” ?

      Vejo que teu estomagozinho, continua a precisar dos alka-seltzers…

      E, também como “terapia”, não prescindes de vir cá pôr a tua cagadela de môsca !

      Já estava com saudades tuas !!!!

      As melhoras…ó “menos” !

  6. Carlos Almeida says:

    Boas

    Sobre o assunto, encontrei no blog da Guine Bissau denominado Ditadura de Consenso ( http://ditaduraeconsenso.blogspot.pt/ ) , dois interessantes postes.

    O primeiro de um Brasileiro que reproduzo abaixo parcialmente e depois o link para uma noticia no Jornal Americano New York Times sobre o julgamento de Lula.

    ………………………………………………………………………………………….

    Caso Lula: CARTA ABERTA AO JUDICIÁRIO BRASILEIRO
    Excelências, e dirijo-me a todos os magistrados brasileiros, do juiz de primeira instância, no menor, mais pobre e longínquo município, aos Ministros do Superior Tribunal Federal – STF.

    A minha posição político-ideológica é pública e notória, e aqui declino dela, tentando a neutralidade. Vou além: aqui e só aqui, circunstancialmente, admitirei a culpabilidade do ex Presidente Luis Inácio Lula da Silva.

    Ouvi atentamente cada minuto do julgamento do recurso impetrado pelas defesas de réus da Lava Jato, entre eles, o ex Presidente, já aludido.
    Em mais de uma oportunidade ouvi dos Senhores Desembargadores coisas tais como: “juízes não julgam pessoas, mas fatos, punindo os que participaram dos fatos, se ilícitos ou criminosos”, “todos os homens são iguais perante a lei, do mais humilde ao Presidente da República”, chegando à citação do escritor russo Fiodor Dostoievsky: “não existem homens de bronze, são todos de carne e osso”.

    Concordo com todas essas afirmações e, a partir delas, indago sobre algumas dúvidas, minhas, suscitadas a partir do que ouvi hoje.

    O ex Presidente Fernando Henrique Cardoso é proprietário de um apartamento de luxo no mais luxuoso bairro de Paris, na Avenue Foch, ao lado dos Príncipes de Mônaco e sheiks árabes, avaliado em 11 milhões de euros, mais um apartamento em Nova Iorque, dois em bairros nobres de São Paulo, um na Zona Sul do Rio de Janeiro, área nobre, e mais um fazenda de 1 046 hectares, no município de Buritis(MG), com um aeroporto dentro, com pista maior que a do Aeroporto Santos Dumont, que serve à ponte aérea Rio-São Paulo, graciosamente construído pela empreiteira Camargo Correa, que no governo FHC ganhou praticamente todas as licitações para as obras públicas em Brasília.

    Cálculos modestos apontaram que para ter este património de maneira lícita, FHC teria que ter presidido este país, acumulando os salários de presidente e de professor, por mais de 200 anos, e me ative ao registrado e assumido pelo ex presidente, sem considerar as contas e empresas offshore descobertas pela PF e Banco Central, em paraísos fiscais, a partir de denúncias vindas do exterior………………

    Caso Lula: “Assustador”, diz o NYT
    É assustador; até o mais importante jornal do mundo não mede palavras e diz textualmente: Moro é um actor político (é do partido antipetista) e a justiça brasileira é legalista ao extremo.

    Segundo o NYT, em qualquer pais minimamente civilizado, o presidente Lula sequer poderia ser réu. No artigo publicado no The New York Times, assinado por Mark Weisbrot, aponta que, ao agir de forma partidária, o juiz Sergio Moro colocou a democracia brasileira à beira do abismo.

    Para ver a noticia no NYT em ingles PF click no link seguinte:

    https://mobile.nytimes.com/2018/01/23/opinion/brazil-lula-democracy-corruption.html?referer=

    • Sotero says:

      Fica claro no Brasil que o enriquecimento absurdo de corruptos da direita não é tratado com o mesmo rigor pois obviamente ia faltar cadeia para a quantidade de empresariado envolvidos.

    • Policarpo says:

      E ainda publicam uma foto do corrupto-mor preso na ditadura. Por acaso não sabem o que ele fez naquela época? Menino do MEP? Informante do delegado Tuma? Fura-greve? Formado nos EUA a mando dos milicos. Lula só engana os zumbis esquerdopatas.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.